Embalados, Internacional e Vasco duelam no Beira-Rio pelo Brasileiro

O Internacional voltou ao G-6 do Campeonato Brasileiro, mas neste domingo terá pela frente o empolgado Vasco, no Beira-Rio, para se manter entre os líderes. Os gaúchos querem fazer valer o fator casa para seguir na zona de classificação para a Libertadores. Já os cruzmaltinos estão há três jogos invictos e passaram a mirar a parte de cima da tabela da Série A.

O Internacional não perde desde a saída de Odair Hellmann. Sob o comando do interino Ricardo Colbachini, a equipe empatou uma vez e venceu outra. O momento é de embalar na reta final do Campeonato Brasileiro para garantir presença em mais uma Libertadores. O atacante Paolo Guerrero destacou o objetivo de ficar no G-6.

(Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

“Queríamos entrar no G-6 novamente. Agora temos que manter essa sequência, porque queremos recuperar o que perdemos. Jogamos em casa e precisamos novamente da vitória”, disse. O peruano está confirmado para o confronto e quer acabar com o jejum de gols. O atacante minimizou a situação e pregou foco na ajuda ao Internacional.

“Acontece com todos os jogadores, não só comigo, principalmente centroavantes. Claro que bate a ansiedade de fazer o gol, mas o que importa é o Inter e nosso objetivo é ganhar. Agora é focar porque temos um jogo dificílimo e temos que somar os três pontos”, declarou.

Em termos de escalação, Ricardo Colbachini terá os retornos do zagueiro Victor Cuesta, que cumpriu suspensão, além do atacante Wellington Silva, que estava na Espanha. Com isso, Roberto e Guilherme Parede devem ser os escolhidos para deixar a formação titular. Já o Rodrigo Moledo, Nonato, Rodrigo Lindoso e Rafael Sóbis, que se recuperam de lesão, seguem como dúvidas.

No Vasco, o clima é de confiança após a sequência positiva de resultados nas últimas rodadas. Por conta disso, os cruzmaltinos se afastaram da zona de rebaixamento e passaram a almejar novos objetivos dentro do Campeonato Brasileiro.

Contra o Internacional, o pensamento da equipe carioca é buscar um bom resultado. O lateral direito Yago Pikachu lembrou que os cariocas têm conseguido bons resultados fora de casa.

“O Vasco melhorou o desempenho fora de casa, mas poderíamos ter resultados melhores, contra o Avaí por exemplo. Derrotas que poderiam ser empates, pelas circunstâncias. O time tem de manter a postura de São Januário fora de casa para brigar em cima”, disse.

(Foto: Reprodução/CRVG)

No entanto, Pikachu ressaltou a dificuldade que os vascaínos não ter em Porto Alegre. “Jogo muito difícil no Beira-Rio, é complicado, mas já estamos estudando o Inter. Eles são muito fortes em casa, mas estamos com a confiança elevada, acredito que também vão respeitar. Isso que queremos, trazer o respeito dos adversários”, declarou.

Para esta partida, o técnico Vanderlei Luxemburgo pode repetir a formação que iniciou o clássico, mas pode fazer alterações por conta do desgaste físico. O volante Raul, de fora no meio de semana, dificilmente será relacionado, pois segue com dores musculares. Já o atacante Talles Magno está com a Seleção sub-17 para a disputa do Mundial da categoria.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X VASCO

Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 20 de outubro de 2019, domingo
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP)
Assistentes: Bruno Salgado Rizo (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba, Heitor, Bruno Fuchs, Victor Cuesta e Zeca; Edenílson, Bruno Silva e Patrick; Nico López, Wellington Silva e Paolo Guerrero
Técnico: Ricardo Colbachini (interino)

VASCO: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Leandro Castán, Osvaldo Henriquez e Henrique; Richard, Bruno Gomes e Felipe Ferreira; Marrony, Rossi e Ribamar
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

O post Embalados, Internacional e Vasco duelam no Beira-Rio pelo Brasileiro apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Vasco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *