Destaques no Sul, Marrony e Fernando Miguel comemoram vitória sobre o Inter

O Vasco conseguiu uma importante vitória neste domingo, diante do Internacional, em pleno Beira-Rio. Com um gol de Marrony, a equipe cruz-maltina venceu por 1 a 0 e, com 37 pontos, está cada vez mais perto de se livrar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

Marrony marcou o gol da vitória do Vasco (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco)

Na saída do campo, o artilheiro da tarde comemorou o gol da vitória. “Fico feliz pelo gol. Fazia tempo que não marcava. Meu pensamento é ajudar, correr, lutar. Hoje (domingo), fui feliz por ajudar,” comemorou o jogador, sem esconder o cansaço.

Além de Marrony, o Vasco contou com uma grande atuação do goleiro Fernando Miguel. Com grandes defesas, o arqueiro ajudou a segurar a forte pressão do Inter por quase todo o segundo tempo e a garantir o resultado.

“Foi um jogo muito difícil, sofrido pra caramba. Mas conseguimos sair com a vitória. Fico feliz em participar dessa reconstrução,” disse o goleiro vascaíno na beira do gramado.

O Vasco terá a semana livre de compromisso para se preparar para a próxima rodada do Brasileiro. No sábado, a equipe de Vanderlei Luxemburgo segue longe de casa e visita o Ceará no Castelão, em Fortaleza.

O post Destaques no Sul, Marrony e Fernando Miguel comemoram vitória sobre o Inter apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Vasco

Vasco vence o Inter no Beira-Rio pelo Brasileiro e se afasta da ‘confusão’

O Vasco foi a Porto Alegre neste domingo para enfrentar o Internacional em duelo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, e quebrou um jejum de 12 anos sem vitórias no estádio. Com um gol de Marrony no início do segundo tempo, a equipe carioca venceu pelo placar mínimo.

Os três pontos levaram o Vasco a se distanciar da zona do rebaixamento, que tem Ceará e CSA com 26 pontos cada, e que jogam no encerramento da rodada nesta segunda-feira. Com 37 pontos o Vasco mantém a 11ª posição na tabela.

(Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco)

Já o Inter é o sexto colocado com 42 pontos e pode perder o lugar no G6 para o Bahia, que encara o Ceará nesta segunda, em Salvador.

Na próxima rodada, o Vasco segue longe de casa e visita o Ceará no Castelão, em Fortaleza. A partida está marcada para o sábado 26, às 17 horas (Brasília). O Inter também viajará ao Nordeste para enfrentar o Bahia na Fonte Nova, em confronto marcado para às 19 horas de sábado.

O Jogo
O Vasco tentou surpreender o Inter com uma marcação alta no início da partida, mas o Colorado não se intimidou e assumiu o controle da posse de bola. A equipe de Vanderlei Luxemburgo recuou e passou a tentar os contra-ataques.

O primeiro tempo no Beira-Rio foi disputado, e as duas equipes criaram boas chances, mas não conseguiram tirar o 0 a 0 do placar.

O Inter levou perigo aos 4 minutos numa bobeada da defesa do Vasco. Em uma bola perdida na esquerda do ataque, o goleiro Fernando Miguel saiu mal do gol e Guerrero se antecipou para roubar a bola. O Peruano agiu rápido antes da volta do goleiro e cruzou para o meio da área, mas a zaga afastou. Zeca pegou a sobra mas chutou para fora.

O Vasco teve seu primeiro bom momento aos 23. Felipe Ferreira recebeu e partiu em velocidade pela esquerda. Ao se aproximar da área, soltou a bomba e obrigou Marcelo Lomba a se esticar para espalmar. A bola sobrou na direita para Rossi, que foi ao fundo e cruzou para o meio. O lateral Heitor tentou cortar e quase marcou contra, mas a bola saiu rente à trave.

O Inter respondeu dois minutos depois em chute de fora da área de D’Alessandro, do bico direito da área. Fernando Miguel defendeu e cedeu o escanteio. Internacional.

O mesmo D’Alessandro protagonizou a polêmica do primeiro tempo, aos 43. O argentino marcou um golaço em belo chute da direita, mas o lance foi anulado devido a uma falta de ataque de Victor Cuesta sobre Henrique, após análise pela equipe do VAR. Revoltado, D’Alessandro reclamou com o árbitro e recebeu o cartão amarelo.

Antes do apito final, Ribamar perde chance incrível aos 51. Depois de receber de Marrony, o atacante entrou na área e errou o alvo.

Após o reinício do jogo, o Vasco não demorou e abriu o placar, aos 7 minutos. Henrique cruzou da esquerda, Marrony tentou de cabeça e a bola sobrou na direita para Rossi. O atacante bateu para o gol, Lomba defendeu e a bola bateu na trave e voltou. Marrony e Bruno Fuchs brigaram pela bola na pequena área mas o atacante do Vasco se deu melhor e tocou para o fundo da rede.

Com a desvantagem no placar, o Inter se mandou para o ataque em busca do empate. De forma desorganizada, o Colorado abusou das bolas levantadas na área e acabou permitindo ao Vasco mais facilidade no contra-ataque. A pressão do Inter foi forte entre 19 e 23 minutos, e Fernando Miguel teve trabalho para impedir o gol Colorado.

Aos 37, o Vasco ameaçou em cobrança de escanteio de Guarín. Castán levantou na área, Henriquez disputou no alto e a bola sobrou para Gabriel Pec, que desperdiçou.

O Inter quase chegou aos 40. Guerrero recebeu livre na área e de cara com Fernando Miguel, perdeu a disputa com o goleiro, que mais uma vez salvou o empate. Os gaúchos tiveram sua última chance aos 49, quando Heitor arriscou da entrada da área e mandou uma bomba que passou perto da meta de Fernando Miguel.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL-RS 0 X 1 VASCO-RJ

Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 20 de outubro de 2019, domingo
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP)
Assistentes: Bruno Salgado Rizo (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Cartões amarelos: D’Alessandro, Bruno Silva, Patrick (Inter); Guarín (Vasco)
Renda: R$ 928.260,00
Público: 24.908 (21.273 pagantes)
Gols:
VASCO: Marrony, aos 7 min do 2º tempo

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba, Heitor, Bruno Fuchs, Victor Cuesta e Zeca (Wellington Silva); Edenílson, Bruno Silva e Patrick; Nico López (Sarrafiore), D’Alessandro e Paolo Guerrero
Técnico: Ricardo Colbachini (interino)

VASCO: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Leandro Castán, Osvaldo Henriquez e Henrique; Richard, Bruno Gomes e Felipe Ferreira (Marcos Júnior); Marrony, Rossi (Gabriel Pec) e Ribamar (Guarín)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

O post Vasco vence o Inter no Beira-Rio pelo Brasileiro e se afasta da ‘confusão’ apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Vasco

Embalados, Internacional e Vasco duelam no Beira-Rio pelo Brasileiro

O Internacional voltou ao G-6 do Campeonato Brasileiro, mas neste domingo terá pela frente o empolgado Vasco, no Beira-Rio, para se manter entre os líderes. Os gaúchos querem fazer valer o fator casa para seguir na zona de classificação para a Libertadores. Já os cruzmaltinos estão há três jogos invictos e passaram a mirar a parte de cima da tabela da Série A.

O Internacional não perde desde a saída de Odair Hellmann. Sob o comando do interino Ricardo Colbachini, a equipe empatou uma vez e venceu outra. O momento é de embalar na reta final do Campeonato Brasileiro para garantir presença em mais uma Libertadores. O atacante Paolo Guerrero destacou o objetivo de ficar no G-6.

(Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

“Queríamos entrar no G-6 novamente. Agora temos que manter essa sequência, porque queremos recuperar o que perdemos. Jogamos em casa e precisamos novamente da vitória”, disse. O peruano está confirmado para o confronto e quer acabar com o jejum de gols. O atacante minimizou a situação e pregou foco na ajuda ao Internacional.

“Acontece com todos os jogadores, não só comigo, principalmente centroavantes. Claro que bate a ansiedade de fazer o gol, mas o que importa é o Inter e nosso objetivo é ganhar. Agora é focar porque temos um jogo dificílimo e temos que somar os três pontos”, declarou.

Em termos de escalação, Ricardo Colbachini terá os retornos do zagueiro Victor Cuesta, que cumpriu suspensão, além do atacante Wellington Silva, que estava na Espanha. Com isso, Roberto e Guilherme Parede devem ser os escolhidos para deixar a formação titular. Já o Rodrigo Moledo, Nonato, Rodrigo Lindoso e Rafael Sóbis, que se recuperam de lesão, seguem como dúvidas.

No Vasco, o clima é de confiança após a sequência positiva de resultados nas últimas rodadas. Por conta disso, os cruzmaltinos se afastaram da zona de rebaixamento e passaram a almejar novos objetivos dentro do Campeonato Brasileiro.

Contra o Internacional, o pensamento da equipe carioca é buscar um bom resultado. O lateral direito Yago Pikachu lembrou que os cariocas têm conseguido bons resultados fora de casa.

“O Vasco melhorou o desempenho fora de casa, mas poderíamos ter resultados melhores, contra o Avaí por exemplo. Derrotas que poderiam ser empates, pelas circunstâncias. O time tem de manter a postura de São Januário fora de casa para brigar em cima”, disse.

(Foto: Reprodução/CRVG)

No entanto, Pikachu ressaltou a dificuldade que os vascaínos não ter em Porto Alegre. “Jogo muito difícil no Beira-Rio, é complicado, mas já estamos estudando o Inter. Eles são muito fortes em casa, mas estamos com a confiança elevada, acredito que também vão respeitar. Isso que queremos, trazer o respeito dos adversários”, declarou.

Para esta partida, o técnico Vanderlei Luxemburgo pode repetir a formação que iniciou o clássico, mas pode fazer alterações por conta do desgaste físico. O volante Raul, de fora no meio de semana, dificilmente será relacionado, pois segue com dores musculares. Já o atacante Talles Magno está com a Seleção sub-17 para a disputa do Mundial da categoria.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X VASCO

Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 20 de outubro de 2019, domingo
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP)
Assistentes: Bruno Salgado Rizo (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba, Heitor, Bruno Fuchs, Victor Cuesta e Zeca; Edenílson, Bruno Silva e Patrick; Nico López, Wellington Silva e Paolo Guerrero
Técnico: Ricardo Colbachini (interino)

VASCO: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Leandro Castán, Osvaldo Henriquez e Henrique; Richard, Bruno Gomes e Felipe Ferreira; Marrony, Rossi e Ribamar
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

O post Embalados, Internacional e Vasco duelam no Beira-Rio pelo Brasileiro apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Vasco

Ribamar comemora boa fase e mira pontos fora de casa

Jogador marcou um belo gol contra o Botafogo (Foto: Carlos Gregório Júnior/CRVG)

O Vasco abriu oito pontos da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro com a vitória no clássico contra o Botafogo. Um dos destaques da partida foi o atacante Ribamar, que voltou a atuar pelo clube e tem marcado gols importantes. O jogador afirmou que trabalha para melhorar os arremates ao gol.

“Estamos trabalhando muito todos os dias, sempre busco aprimorar a finalização. Fico muito feliz em poder ajudar com mais um gol”, disse.

Após vencer seus últimos dois compromissos em São Januário, o Vasco vai fazer duas partidas fora de casa. Ribamar afirmou que o Vasco não vai mudar sua postura e crê em bons resultados longe do Rio de Janeiro.

“Nessas duas partidas fora de casa, contra Internacional e Ceará, temos que nos comportar como sempre, chegar na casa do adversário e jogar como Vasco. O professor sempre fala isso e temos que comprar essa ideia. Vamos fazer de tudo para voltar com mais pontos, declarou.

Com 24 pontos, o Vasco está na 11ª posição da Série A. O técnico Vanderlei Luxemburgo afirmou que os cruzmaltinos ainda precisam se preocupar com a degola, mas podem começar a almejar novos objetivos dentro do Campeonato Brasileiro.

O post Ribamar comemora boa fase e mira pontos fora de casa apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Vasco

Luxemburgo vê Vasco ainda na “confusão”, mas pensa em outros objetivos

Cruz-maltino bateu o Botafogo em São Januário (Foto: Rafael Ribeiro/CRVG)

O Vasco mostrou que segue em recuperação no Campeonato Brasileiro ao vencer o clássico contra o Botafogo, em São Januário. Mesmo com boa distância da degola, Luxemburgo rechaçou que os cruzmaltinos tenham saído da “confusão”. No entanto, o treinador admitiu que a equipe pode pensar em outros objetivos dentro da competição.

“Não saímos da confusão. Temos que somar pontos, mas avançamos. A cabeça de quem trabalha no Vasco é uma cabeça de grandeza. Começamos agora a olhar para cima. Estamos a oito pontos da zona e a sete do G-6. Temos que olhar para onde estamos mais perto”, disse.

No clássico, Luxemburgo promoveu a estreia do volante Guarín. O comandante elogiou a atuação do colombiano.

“Foi boa também a entrada do Guarín. Acho que já deu para mostrar a qualidade dele. Jogador que eu não teria medo algum de botar 15 ou 20 minutos para jogar. O lastro e a experiência que ele tem, a força física, nenhum problema”, declarou.

Luxemburgo também exaltou a atuação dos jovens Bruno Gomes, autor do primeiro gol do Vasco, e Gabriel Pec, que entrou na etapa final.

“Fico muito feliz quando vejo o Bruno, 17 anos, nem aí para o jogo. O Pec também, a mesma coisa. Entra no jogo e parece que está jogando futebol há muito tempo. Esse é o trabalho que pode recuperar o Vasco. Jovens jogadores sendo lançados”, afirmou.

Com 34 pontos, o Vasco vai terminar a rodada na 11ª posição do Campeonato Brasileiro, oito pontos acima da zona de rebaixamento. Os cruzmaltinos voltam a campo neste domingo, quando encaram o Internacional, no Beira-Rio.

O post Luxemburgo vê Vasco ainda na “confusão”, mas pensa em outros objetivos apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Vasco

Bruno comemora primeiro gol como profissional do Vasco

Bruno Gomes abriu o placar para o Vasco no clássico contra o Botafogo (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Nesta quarta-feira (16), o Vasco deu sequência à caminhada para se manter na Série A do Campeonato Brasileiro e venceu o Botafogo em São Januário. O primeiro gol da vitória cruzmaltina foi do jovem Bruno Gomes, que comemorou seu primeiro tento como profissional.

“É uma noite que vai ficar marcada na minha memória. Só tenho a agradecer à comissão técnica e ao Vanderlei Luxemburgo por ter me dado essa chance”, disse.

Bruno Gomes admitiu que o resultado dá tranquilidade na luta contra o rebaixamento. Para o volante, os cruzmaltinos podem almejar objetivos maiores dentro da competição

“Ficamos aliviados, mas temos que ter respeito ao adversário. Agora, podemos pensar em objetivos maiores porque aqui é Vasco”, declarou.

Com o resultado, o Vasco chegou a 34 pontos e está na 11ª posição do Campeonato Brasileiro. Os cruzmaltinos voltam a campo neste domingo (20), quando enfrentam o Internacional, no Beira-Rio.

O post Bruno comemora primeiro gol como profissional do Vasco apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Vasco

Vasco bate Botafogo no clássico carioca pelo Campeonato Brasileiro

O Vasco confirmou o bom momento e venceu por 2 a 1 o Botafogo, nesta quarta-feira, em São Januário. Com o resultado, os cruzmaltinos chegaram a 34 pontos, na 11ª posição do Campeonato Brasileiro. Já os alvinegros, com 30, passam a ligar o sinal de alerta contra o rebaixamento.

O jogo começou em ritmo movimentado. O Vasco abriu vantagem após gols de Bruno Gomes e Ribamar. No entanto, o Botafogo diminuiu com Marcelo Benevenuto ainda na etapa inicial. No segundo tempo, o clássico ciu de rendimento e os cruzmaltinos souberam segurar a vantagem para sair de campo com os três pontos.

(Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Na próxima rodada, o Vasco vai até Porto Alegre para enfrentar o Internacional, no domingo. Na segunda-feira, será a vez do Botafogo entrar em campo, contra o CSA, no Nilton Santos.

O jogo
O clássico iniciou movimentado em São Januário, com as duas equipes em busca do ataque. No entanto, o Vasco abriu o placar quando criou a primeira boa jogada da partida. Rossi tocou para Bruno Gomes na entrada da área. O jovem volante arriscou o chute e viu a bola desviar em João Paulo antes de ir no ângulo, sem chance para Diego Cavalieri.

O revés foi sentido pelos alvinegros, que viram os donos da casa crescerem no jogo. Quando o Botafogo conseguiu equilibrar o confronto, o Vasco aproveitou um contra-ataque para ampliar a vantagem, aos 17 minutos. Ribamar foi lançado pela direita, foi para o meio e, de fora da área, acertou belo chute, mais uma vez longe do goleiro botafoguense.

O Botafogo não se abateu após o segundo gol e criou sua primeira boa chance aos 20 minutos. Yuri acertou bom chute e obrigou Fernando Miguel a fazer boa defesa. Só que na cobrança de escanteio, Marcelo Benevenuto subiu sozinho e cabeceou para a rede.

Desta vez, quem sentiu o gol foi o Vasco. Com isso, o Botafogo passou a dominar o clássico e a pressionar em busca do empate. Os alvinegros quase igualaram o marcador aos 29 minutos, quando Cícero aproveitou cruzamento e cabeceou para grande defesa de Fernando Miguel.

Aos poucos, o Vasco equilibrou o jogo e passou a não sofrer com os avanços do Botafogo, que permanecia tendo mais posse de bola. Somente nos minutos finais, os alvinegros assustaram em chute de Luiz Fernando, Mesmo assim, os cruzmaltinos permaneceram a frente no placar até o intervalo.

No segundo tempo, as duas equipes voltaram mais cautelosas. Tanto que a primeira boa chance aconteceu somente aos 16 minutos. Após boa troca de passes, Marcos Júnior cruzou de três dedos para Marrony cabecear no canto. Só que Diego Cavalieri se esticou para fazer grande defesa.

Enquanto o Botafogo tinha mais posse de bola, mas era pouco produtivo, o Vasco melhorava no clássico, principalmente aproveitando os contra-ataques. Aos 26 minutos, Rossi recebeu passe, entrou na área e chutou cruzado para mais uma grande defesa de Diego Cavalieri.

Somente nos minutos finais, os alvinegros esboçaram uma pressão. No entanto, o Vasco soube segurar o ímpeto final dos visitantes para manter a vantagem até o apito final em São Januário.

FICHA TÉCNICA:
VASCO 2 X 1 BOTAFOGO

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 16 de outubro de 2019, quarta-feira
Hora: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)
VAR: Braulio da Silva Machado (SC)
Renda: R$ 593.881,00
Público: 16.195 pagantes
Cartões amarelos: Leandro Castán (Vasco)
GOLS
VASCO: Bruno Gomes, aos 7min do primeiro tempo; Ribamar, aos 17min do primeiro tempo
BOTAFOGO: Marcelo Benevenuto, aos 21min do primeiro tempo

VASCO: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Leandro Castán, Osvaldo Henríquez e Henrique; Richard, Bruno Gomes (Guarín) e Felipe Ferreira (Marcos Júnior); Rossi, Marrony e Ribamar (Gabriel Pec)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

BOTAFOGO: Diego Cavalieri, Marcinho, Marcelo Benevenuto, Gabriel (Kanu) e Yuri (Lucas Barros); Cícero, Gustavo Bochecha e João Paulo; Rodrigo Pimpão (Leo Valencia), Luiz Fernando e Diego Souza
Técnico: Alberto Valentim

O post Vasco bate Botafogo no clássico carioca pelo Campeonato Brasileiro apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Vasco