Marcão reconhece superioridade do Flamengo no clássico

O Fluminense foi amplamente dominado pelo Flamengo no clássico deste domingo no Maracanã, pela 27ª rodada do Brasileirão. Pelos números de finalizações e de posse de bola, o placar de 2 a 0 para o Rubro-Negro pode ser considerado pouco e um bom negócio para o Tricolor.

Em sua coletiva após a partida, o técnico Marcão reconheceu a superioridade do rival, que é líder absoluto da competição. O Flu, por sua vez, ainda luta contra o rebaixamento.

“A equipe do Flamengo veio marcando muito forte e fez um gol no início. Não encaixamos nosso jogo de apoiar e furar a linha alta deles. Montamos uma estratégia, tivemos algumas chances, mas foi aquém do que imaginávamos. Eles marcaram muito forte e foram muito felizes. Não fomos eficientes”, admitiu Marcão.

“A gente tentou mudar o posicionamento para incomodar o Flamengo. Tentamos ter velocidade pelos lados. Aconteceu em alguns momentos. A gente treinou para isso, para não marcar os zagueiros deles e apertar os volantes. Mas, tomamos um gol muito rápido, e tudo muda”, completou.

O Fluminense está na 15ª colocação na tabela do Brasileiro, com 29 pontos, e agora torce por tropeços de Ceará e CSA, 17º e 18º colocados com 26 pontos, e que entram em campo nesta segunda-feira contra Bahia e Botafogo, respectivamente, no encerramento da rodada.

O próximo compromisso da equipe será no sábado, diante da vice-lanterna Chapecoense, no Maracanã.

O post Marcão reconhece superioridade do Flamengo no clássico apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense

Marcão esboça time do Fluminense sem João Pedro

O Fluminense finalizou sua preparação para o clássico deste domingo, contra o Flamengo, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. A novidade promovida pelo técnico Marcão foi a saída do atacante João Pedro para a entrada de Wellington Nem.

João Pedro foi um dos jogadores mais vaiados pela torcida tricolor na derrota para o Athletico-PR, no meio de semana, no Maracanã. Após a partida, Marcão defendeu o jovem atacante, que vive seu maior jejum de gols desde que subiu ao time profissional.

(Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)

Outro jogador também muito criticado na última quinta-feira, o meia Paulo Henrique Ganso segue entre os titulares. Sem Digão, lesionado, o camisa 10 deverá ser o capitão da equipe contra os rubro-negros.

Assim, o Fluminense deve ir a campo para o clássico com a seguinte formação: Muriel, Gilberto, Nino, Frazan e Caio Henrique; Allan, Daniel e Ganso; Nenê, Wellington Nem e Yony González.

Com 29 pontos, o Fluminense está na 14ª posição do Campeonato Brasileiro, três pontos a frente do CSA, primeiro dentro da zona de rebaixamento. Uma derrota contra o líder da Série A pode fazer os tricolores se aproximarem novamente das últimas colocações.

O post Marcão esboça time do Fluminense sem João Pedro apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense

Marcão comenta vaias a Ganso e João Pedro após derrota do Fluminense

O Fluminense viu sua sequência positiva ser interrompida com a derrota para o Athletico-PR, no Maracanã, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Além do resultado ruim, os tricolores viram a torcida criticar alguns jogadores, principalmente o meia Paulo Henrique Ganso e o atacante João Pedro. Visando o clássico deste domingo, contra o Flamengo, o técnico Marcão falou sobre o ocorrido e destacou que vai trabalhar para recuperar a equipe.

Marcão falou a respeito das vaias dos torcedores (Foto: Mailson Santana/ Fluminense)

“Vamos ser cobrados. Vamos fazer o que for possível para recuperar todos mentalmente. Estamos jogando em uma grande equipe, de torcida imensa. Quem está aqui vai ser cobrado e tem que estar preparado para isso. O Paulo, pela experiência, consegue assimilar isso. O João Pedro é muito novo, é tudo novo para ele. Vamos dar respaldo para que ele possa render como está acostumado”, comentou;

Marcão lamentou que sua primeira derrota no comando do Fluminense após a efetivação tenha sido no Maracanã.”É ruim, ainda mais jogando em casa. Queremos sempre pontuar, pressionar, dar alegria ao torcedor. A derrota é muito ruim. Até por conta da partida que fizemos. A gente merecia um resultado melhor”, declarou.

De olho no Flamengo, o Tricolor terá pouco tempo de recuperação. A equipe vai precisar de um bom resultado para não verem a zona de rebaixamento se aproximar novamente.

O post Marcão comenta vaias a Ganso e João Pedro após derrota do Fluminense apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense

Caio Henrique pede reação rápida contra o Flamengo

Frustrado com a derrota por 2 a 1 para o Athletico Paranaense, nesta quinta-feira, no Maracanã, o lateral-esquerdo Caio Henrique lamentou a desatenção da equipe durante a partida e disse que o Fluminense não conseguiu “matar” o jogo quando estava em vantagem e atuava melhor do que o adversário.

Em entrevista ao Sportv, o defensor tricolor afirmou que o grupo precisa esquecer do resultado negativo e se concentrar no clássico do próximo domingo, diante do líder Flamengo.

“Temos que reagir rápido para buscar os pontos que perdemos dentro de casa”, declarou.

Caio Henrique também lamentou a desatenção da equipe carioca no segundo gol do adversário, nascido em cobrança de escanteio. O lateral elogiou o Furacão e disse que a equipe dirigida por Tiago Nunes sabe jogar e dificultou a tarefa da equipe tricolor.

“Depois que eles conseguiram a vantagem, souberam se defender e a gente não conseguiu empatar”, concluiu.

O post Caio Henrique pede reação rápida contra o Flamengo apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense

Furacão derrota o Fluminense em pleno Maracanã

Depois de cinco partidas de invencibilidade sob o comando do Marcão, o Fluminense voltou a ser derrotado no Campeonato Brasileiro. Em partida disputada na noite desta quinta-feira, no Maracanã, o Athletico Paranaense bateu o Tricolor das Laranjeiras, de virada, por 2 a 1. Frazan marcou para o Fluminense, mas o Furacão virou com dois gols marcados pelo lateral Madson.

(Foto: Reprodução/ Twitter Athletico Paranaense)

O VAR anulou um gol de cada equipe no primeiro tempo. Com o resultado, o time carioca segue na 14ª colocação com 29 pontos ganhos, enquanto o Ahtletico subiu para a nona posição com 38 pontos ganhos.

O Fluminense fez um bom primeiro tempo, mas caiu muito na segunda etapa, quando o técnico Marcão tirou Nenê da equipe e manteve Ganso, que não esteve bem na partida e dividiu as vaias da torcida tricolor com o atacante João Pedro. O Athletico mostrou personalidade para superar um resultado adverso e criar condições para sair  com um ótimo resultado.

Na próxima rodada, o Fluminense vai enfrentar o Flamengo, no Maracanã; o Ahtletico PR vai receber o Palmeiras na Arena da Baixada.

O jogo
O Fluminense começou no ataque e logo aos dois minutos, Nenê bateu forte e a defesa desviou para escanteio. Após a cobrança, a defesa  paranaense se atrapalhou ao tentar rebater e Frazan empurrou para as redes. Foi o primeiro gol do zagueiro tricolor como profissional.

Depois de sofrer o gol, o Rubro-Negro tentou se organizar para buscar o empate, mas o Tricolor das Laranjeiras se mostrava bem postado em campo.

Aos 13 minutos, Rony recebeu na área, chutou forte e colocou nas redes de Muriel, mas o VAR acusou impedimento de Márcio Azevedo e o gol foi anulado.

A partida seguiu equilibrada, mas aos 24 minutos foi a vez de o Fluminense ter um gol anulado pelo VAR. Caio Henrique fez ótima jogada e bateu para defesa parcial de Santos que permitiu a entrada de João Pedro para empurrar para o gol. O árbitro de vídeo marcou impedimento do atacante tricolor e invalidou a jogada.

Aos 35 minutos, o Furacão desperdiçou uma chance incrível para empatar. Após saída de bola errada da defesa do Fluminense, a bola ficou com Léo Cittadini, que demorou demais a chutar e acabou bloqueado por Muriel. A bola ainda sobrou para Marcelo Cirino que bateu por cima do travessão.

Depois de tanto insistir, a equipe paranaense marcou o gol do empate aos 47 minutos. Wellington fez ótimo lançamento para Madson. O lateral-direito penetrou nas costas da zaga e tocou na saída de Muriel.

Já na segunda etapa, antes do primeiro minuto do segundo tempo, o Fluminense já criou uma chance para desempatar. Caio Henrique cruzou, Yony González ganhou do goleiro Santos na dividida e cabeceou por cima do travessão. A equipe dirigida por Marcão seguia mais agressiva e, aos sete minutos, João Pedro arrancou pela extrema e cruzou para tentar achar algum atacante, mas a zaga paranaense fez o corte.

Logo depois, o técnico Marcão decidiu modificar a equipe e colocou Orinho e Wellington Nem nas vagas de Nenê e Daniel. O lateral Caio Henrique passou a atuar como armador, ao lado de Ganso. Tiago Nunes respondeu Léo Cittadini por Bruno Nazário.

Com 24, Marcelo Cirino invadiu a área e conseguiu tirar de Muriel, mas Nino desviou para escanteio. Na cobrança, Madson aparece entre os zagueiros e desloca Muriel, cabeceando a bola para as redes e colocando o Furacão na frente.

Irritada com a virada, a torcida do Fluminense passou a vaiar o meia Ganso e o atacante João Pedro.

Sem outra alternativa, o Tricolor partiu para buscar o empate. Aos 30 minutos, após cruzamento de Gilberto, Wellington Nem cabeceou sem marcação e a bola tirou tinta do poste.

Nos minutos finais, o Fluminense partiu para o desespero, colocando bolas na área, mas a defesa do Ahtletico soube soube se defender e garantir o resultado.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 2 ATHLETICO-PR
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 17 de outubro de 2019, quinta-feira
Hora: 21h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo D’alonso Ferreira (SC)
Assistentes: Neuza Ines Back (SP) e Thiaggo Americano Labes (SC)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Público: 16.109 presentes
Cartão Amarelo: Márcio Azevedo (Athletico-PR)
Gols: Gustavo Franzan, aos três minutos do primeiro tempo (Fluminense); Madson, aos 47 minutos do primeiro tempo e 25 minutos do segundo tempo (Athletico).

FLUMINENSE: Muriel, Gilberto, Nino, Frazan e Caio Henrique; Allan, Daniel (Wellington Nem) Ganso; Nenê (Orinho), João Pedro (Lucão) e Yony González
Técnico: Marcão

ATHLETICO-PR: Santos, Madson, Pedro Henrique, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Léo Cittadini; Rony(Lucho González), Thonny Anderson e Marcelo Cirino
Técnico: Tiago Nunes

O post Furacão derrota o Fluminense em pleno Maracanã apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense

Fluminense recebe Athletico-PR para embalar no Brasileirão

O Fluminense segue na briga contra o rebaixamento do Campeonato Brasileiro e, nesta quinta-feira, tenta se afastar do grupos dos quatro últimos contra o Athletico-PR, no Maracanã. Após a vitória na rodada passada, os tricolor estão empolgados, mas terão pela frente o atual campeão da Copa do Brasil.

O Tricolor ganhou um pouco de tranquilidade depois da vitória sobre o Bahia. Para seguir com a boa sequência, os cariocas apostam no fator casa para conquistar mais um bom resultado. No entanto, o zagueiro Nino pregou foco para não ser surpreendido pelos paranaenses.

“Enfrentamos adversários diretos, sabíamos que era importante e definiria nossa briga no campeonato. O Athletico é um time que está organizado há muito tempo, faz um trabalho muito bom desde o ano passado. Tem jogadores de qualidade”, disse.

Nino quer fluminense focado para enfrentar o Athletico (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

O técnico Marcão tem somente um desfalque para a partida. O zagueiro Digão sofreu uma lesão muscular e está fora. Frazan deverá ser seu substituto. Além disso, a equipe terá os retornos de Allan e Caio Henrique, que estavam com a Seleção olímpica. Outra volta é o meia Ganso, que cumpriu suspensão.

O Athletico, mesmo já classificado para a Libertadores, vem fazendo um bom Campeonato Brasileiro. No entanto, a equipe foi derrotada pelo Flamengo, em casa, na rodada passada. O técnico Tiago Nunes elogiou o adversário, mas afirmou que terá uma postura ofensiva no Maracanã.

“O Fluminense é uma equipe que vem em recuperação e venceu os últimos jogos. Assistimos o jogo contra o Bahia, foi um jogo muito franco. Está em processo de reestruturação na maneira de jogar, agora com o Marcão. Jogando no Maracanã, pressionado, a gente vai ter que estar muito equilibrado, como temos feito, mas sem perder nosso DNA. Esperamos fazer um jogo de muito equilíbrio, mas sem perder o foco da vitória”, declarou.

Thiago Nunes projetou um jogo difícil no Maracanã (Miguel Locatelli/CAP)

Para esta partida, Tiago Nunes terá que fazer uma improvisação na zaga. Sem Thiago Heleno, suspenso, o treinador não tem substituto na posição por conta das lesões. Com isso, Erick deve ser deslocado para formar dupla com Léo Pereira. As boas notícias são os retornos do goleiro Santos e do volante Bruno Guimarães, que estavam com a Seleção Brasileira e olímpica, respectivamente.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE X ATHLETICO-PR

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 17 de outubro de 2019, quinta-feira
Hora: 21h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo D’alonso Ferreira (SC)
Assistentes: Neuza Ines Back (SP) e Thiaggo Americano Labes (SC)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

FLUMINENSE: Muriel, Gilberto, Nino, Frazan e Caio Henrique; Allan, Daniel e Ganso; Nenê, João Pedro e Yony González
Técnico: Marcão

ATHLETICO: Santos, Madson, Erick, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Léo Cittadini; Ronny, Thonny Anderson e Marcelo Cirino
Técnico: Tiago Nunes

O post Fluminense recebe Athletico-PR para embalar no Brasileirão apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense

Fluminense faz homenagem aos 90 anos de Fernanda Montenegro

Através das redes sociais, o Fluminense destacou o aniversário de uma torcedora ilustre: Fernanda Montenegro. A atriz – considerada uma das grandes da história do Brasil – completa 90 anos nesta quarta-feira.

“Grande dama da dramaturgia brasileira, Fernanda Montenegro está completando 90 anos hoje! A única brasileira já indicada ao Oscar de Melhor Atriz e a primeira a conquistar o Emmy da categoria é Tricolor! Parabéns, Guerreira!”, disse o post do Flu.

Fernanda Montenegro tem mais de 70 anos de carreira. Ela recebeu diversas homenagens de colegas e amigos pelo aniversário e segue em plena atividade. No fim do mês, estreia o longa “A vida invisível”, vencedor da mostra “Um certo olhar” em Cannes e representante do Brasil para disputar vaga no Oscar de melhor filme internacional. Na produção, a atriz interpreta a protagonista Eurídice Gusmão.

O post Fluminense faz homenagem aos 90 anos de Fernanda Montenegro apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense

Marcão elogia elenco e minimiza opção por Ganso como capitão

O Fluminense ganhou um pouco de tranquilidade no Campeonato Brasileiro após a vitória sobre o Bahia. A ascensão dos tricolores veio após a demissão de Oswaldo de Oliveira e a efetivação de Marcão, que rasgou elogios ao elenco.

“Um momento difícil de transição, sério no clube, mas os jogadores entenderam o tamanho da responsabilidade e estão se doando ao máximo”, disse.

Marcão foi questionado sobre a opção de colocar o meia Paulo Henrique Ganso como capitão da equipe após a discussão com Oswaldo de Oliveira. O treinador minimizou o assunto.

(Foto: Lucas Merçon/ Fluminense)

“Normalmente o capitão é o Digão e o Digão, no jogo seguinte, não jogou. A ordem natural da sequência era o Ganso. A gente estava numa semana muito difícil, teve confusão, invasão… e o próprio Paulo já havia sido repreendido pelo presidente e eu não podia trazer mais esse peso pro time, tirando a braçadeira. Nada a ver com o Oswaldo, é uma pessoa incrível. Foi meu treinador, é meu amigo. Não trocaria essa ordem natural para aquela partida. Ele já tinha sido punido e, como comandante eu não iria punir mais uma vez o meu jogador para um jogo importante. Foi um momento ruim para todos, o Paulo tem consciência disso, tanto que todos já se falaram a respeito dessa condição”, declarou.

O Fluminense volta a campo nesta quinta-feira, contra o Athletico Paranaense, no Maracanã. Para esta partida, Marcão poderá contar com os retornos de Allan e Caio Henrique, que estavam com a Seleção olímpica.

O post Marcão elogia elenco e minimiza opção por Ganso como capitão apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense