Diniz define nesta sexta presença de Wellington Nem contra o Inter

Wellington Nem ainda não tem estreia garantida neste final de semana (Foto: Reprodução/FFC)

Quem esperava para esta quinta-feira uma definição sobre a estreia do atacante Wellington Nem com a camisa do Fluminense se frustrou. O jogador, que completou exatamente uma semana de treinos, ainda está tendo a sua situação analisada pela comissão técnica. Apenas no treino desta sexta-feira que o técnico Fernando Diniz vai bater o martelo sobre o aproveitamento do jogador no duelo do próximo sábado, às 19h (de Brasília), contra o Internacional no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

É certo que Wellington Nem, caso relacionado, ficará no banco de reservas. O jogador ainda não suporta os noventa minutos. Ele não joga uma partida oficial desde 19 de maio, quando defendia as cores do Shakhtar Donetsk da Ucrânia.

Wellington Nem também terá dificuldades para ganhar uma vaga na equipe, uma vez que a dupla de ataque, composta por Marcos Paulo e Yony González vem tendo bom rendimento, assim como os meias Paulo Henrique Ganso e Daniel, o que inviabilizaria uma mudança de esquema ou uma atuação mais reecuada por parte do novo reforço.

Para este jogo Fernando Diniz terá o retorno do meia Nenê, que ficou de fora das últimas três partidas. Depois de estrear contra o Vasco, ele não atuou nas duas vitórias sobre o Peñarol do Uruguai por não estar inscrito na Copa Sul-Americana. Além disso, ficou de fora da derrota de 2 a 1 para o São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro, por questões contratuais, já que tinha vínculo recente com o Tricolor Paulista. Nenê deve começar a partida no banco.

Quem está de fora é o jovem atacante João Pedro. O jogador não conseguiu voltar aos treinos nesta quinta-feira e voltou a mais uma vez teve o aproveitamento descartado pelo departamento médico. Ele sofre com dores no tornozelo direito. O elenco treina nesta sexta-feira e depois inicia o período de concentração.

console.log(‘Aud01’);

O post Diniz define nesta sexta presença de Wellington Nem contra o Inter apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense

Fluminense na bronca com a arbitragem

O Fluminense está na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro com apenas nove pontos conquistados em doze partidas. Mas a sua diretoria está convencida de que a realidade seria menos dura se o time não fosse prejudicado pela arbitragem.

Com este pensamento que o Tricolor preparou uma espécie de dossiê com erros dos árbitros, principalmente os envolvendo os dois últimos confrontos pela competição, e entregou o documento à Comissão de Árbitros da CBF.

Os dirigentes reclamam que o Fluminense foi muito prejudicado nas derrotas de 2 a 1 para Vasco e São Paulo, os dois últimos confrontos do time carioca na Série A. No primeiro duelo o protesto é pelas expulsões dos zagueiros Digão e Frazan, determinantes para o tropeço. Já no choque com os são-paulinos a reclamação se refere ao pênalti que originou o segundo gol dos paulistas.

Outro argumento utilizado pelos tricolores é que o time, na zona de rebaixamento do Brasileirão, vem tendo grande desempenho na Copa Sul-Americana, onde avançou para as quartas de final após eliminar o Peñarol do Uruguai ganhando os dois confrontos.

O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, foi à sede da CBF e se reuniou com Leonardo Gaciba, presidente da Comissão de Árbitros da CBF, e com Rogério Cabloco, presidente da entidade. Deles, ouviu que a CBF vai analisar os documentos e dar uma resposta oficial ao clube.

Dentro de campo o Fluminense segue se preparando para o duelo contra o Internacional neste sábado, às 19h(de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para este duelo o time será definido no treino desta sexta-feira. Logo depois da atividade começa o período de concentração para a partida.

O post Fluminense na bronca com a arbitragem apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense

Fluminense vive desafio na busca pela regularidade

O Fluminense da Copa Sul-Americana nada tem a ver com o Fluminense do Campeonato Brasileiro. No torneio continental o time fez dois grandes jogos contra o Peñarol e garantiu sem sustos a classificação para as quartas de final. O time derrotou o rival por 2 a 1 no Paraguai e confirmou a vaga na etapa seguinte ao derrotar os uruguaios por 3 a 1 no Rio de Janeiro.

Fluminense brilha na Sul-Americana, mas resultados vêm no Brasileirão (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

No Campeonato Brasileiro a história é muito diferente. O time ainda não ganhou desde que a competição retornou, após a disputa da Copa América do Brasil. Em três confrontos, empatou em casa por 1 a 1 com o Ceará, e foi derrotado por 2 a 1 por Vasco e São Paulo, também no Rio de Janeiro. Os maus resultados, somados a um desempenho também pouco eficiente antes da Copa América, jogaram o Tricolor na zona de rebaixamento, estacionado nos nove pontos.

“Temos que aproveitar as vitórias que tivemos na Copa Sul-Americana para podemos ganhar ânimo para o Campeonato Brasileiro, pois precisamos buscar pontos importantes na competição. Não estamos na posição que a gente esperava e por isso mesmo estamos trabalhando cada vez mais para atingirmos as nossas metas”, disse o técnico Fernando Diniz, que está pressionado por conta do desempenho do time no Brasileirão.

O próximo desafio pelo Campeonato Brasileiro, válido pela 13ª rodada, será neste sábado, às 19h(de Brasília), mais uma vez no Maracanã, contra o Internacional. Os gaúchos aparecem no G-6, a zona de classificação para a Copa Libertadores e tudo indica que será mais um desafio complicado para o Tricolor. Como a quarta-feira foi de trabalho regenerativo, o time só começa a ser definido no treino desta quinta-feira à tarde.

O post Fluminense vive desafio na busca pela regularidade apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense

Yony González festeja a boa fase no Fluminense

FOTO: LUCAS MERÇON/ FLUMINENSE F.C.

Depois de ficar oito partidas sem marcar, o atacante Yony González voltou a atravessar um bom momento no Fluminense. O atacante colombiano marcou os dois gols da vitória sobre o Peñarol no primeiro jogo, marcou na derrota para o São Paulo pelo Campeonato Brasileiro e voltou a deixar sua marca diante do Peñarol no duelo desta terça-feira, vencido pelo Tricolor das Laranjeiras por 3 a 1. Na saída do gramado, em entrevista ao canal DAZN, González não escondia sua felicidade com a volta dos gols.

“Estou vivendo o melhor momento de minha carreira. E me sentindo feliz pelo apoio da torcida e por ter ajudado a equipe a alcançar a classificação”, disse.

Yony González admite que o Fluminense passa por uma situação complicada no Campeonato Brasileiro, ocupando a zona do rebaixamento, mas disse que a conquista da Copa Sul-Americana vai fazer a torcida esquecer os problemas que o time vai atravessando no Campeonato Brasileiro. Para Yony, é fundamental que o Fluminense consiga vitórias nas duas competições para que a torcida fique inteiramente feliz.

“Estamos trabalhando para melhorar a cada dia. As competições são difíceis, mas o Fluminense está se preparando para superar todas as dificuldades”, comentou.

O post Yony González festeja a boa fase no Fluminense apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense

Fluminense bate Peñarol e avança na Sul-Americana

O Fluminense deu um basta na crise que rondava a equipe das Laranjeiras, por causa dos maus resultados no Campeonato Brasileiro. Em partida disputada na noite desta terça-feira, no Maracanã, o time dirigido por Fernando Diniz derrotou o Peñarol, do Uruguai, por 3 a 1 e avançou para as quartas de final da Copa Sul-Americana.

No jogo de ida, em Montevidéu, o Tricolor carioca havia vencido por 2 a 1 . O atacante Marcos Paulo marcou dois gols e foi o destaque da partida. O colombiano Yony González completou o marcador para o Flu, enquanto Viatri anotou o gol do Peñarol.

A vitória do Fluminense foi justa. Como já havia acontecido na primeira partida, a equipe brasileira foi muito superior ao Peñarol e não deu qualquer chance de reação ao adversário que mostrou muita disposição, mas pouco futebol para superar o time da casa. O resultado deve servir para amenizar a crise que já ameaçava o cargo do técnico Fernando Diniz, muito pressionado pela torcida que estava exigindo a sua demissão.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE-BRA 3 X 1 PEÑAROL-URU

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 30 de julho de 2019, terça-feira
Hora: 21h30 (de Brasília)
Público: 35.071 presentes
Árbitro: Patricio Loustau (Arg)
Assistentes: Gabriel Chade e Pablo Gonzalez (Arg)
VAR: Facundo Tello(Arg).
Cartão Amarelo: Marcos Paulo, Ganso, Bruno Silva(Flu); Cristian Rodriguez, Viatri, Formiliano, Canobbio(Pen)
Gols:
FLUMINENSE; Marcos Paulo, no primeiro minuto do primeiro tempo e dois minutos do segundo; Yony González, aos 25 minutos do primeiro tempo
PEÑAROL: Viatri, aos 24 minutos do segundo tempo.

FLUMINENSE: Muriel, Igor Julião, Nino, Digão e Caio Henrique; Allan, Daniel(Dodi) e Paulo Henrique Ganso(Bruno Silva); Marcos Paulo(Pablo Dyego), Yony González e Pedro
Técnico: Fernando Diniz

PEÑAROL: Dawson, Giovanni González, Formiliano, Enzo Martínez e Rojo; Gargano(Matias de los Santos),Trindade, Flores(Acevedo) e Brian Rodríguez;; Viatri e Cristian Rodríguez(Canobbio)
Técnico: Diego López

O post Fluminense bate Peñarol e avança na Sul-Americana apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense