Trauco deixa o clube

Com a chegada de Filipe Luís, Trauco se tornaria o terceiro reserva na lateral. (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

O lateral-esquerdo Miguel Trauco deixou o Flamengo. O jogador chegou a um acordo com o O Saint-Étienne, da França. O clube francês aceitou pagar 600 mil euros (cerca de R$ 2,4 milhões) para o Rubro-Negro aceitar liberar o jogador, que tinha vínculo com o clube carioca somente até dezembro, portanto, estaria livre para assinar um pré-contrato. Trauco era reserva de Renê e com a chegada de Filipe Luís logo viraria a terceira opção do plantel.

Após a vitória por 2 a 0 sobre o Emelec, do Equador, na noite da última quarta-feira, pela Libertadores, o jogador se despediu do elenco. Inclusive agradeceu o apoio de Bruno Spindel, diretor executivo de futebol.

Figura constantes na lista de convocados da seleção peruana, inclusive tendo disputado a final da última Copa América, vencida pela Seleção Brasileira, Miguel Trauco foi contratado com status de titular, mas nunca conseguiu se firmar. Seu último jogo pelo Flamengo foi no domingo passado, o triunfo por 3 a 2 no clássico com o Botafogo pelo Campeonato Brasileiro. Em 79 partidas, ele marcou quatro gols pelo time. Além disso, conquistou os títulos do Campeonato Carioca em 2017 e em 2019.

Na terça-feira o Flamengo já havia negociado o lateral-direito Pará, de saída para o Santos. O jogador também perdeu espaço com a chegada de Rafinha para o setor. O plantel ainda conta com Rodinei na posição.

Dentro de campo o elenco se reapresentou nesta quinta-feira, mas apenas para um trabalho regenerativo. Nesta sexta-feira o técnico Jorge Jesus começa a projetar a escalação para o duelo com o Bahia neste domingo, às 19h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 24 pontos conquistados, o time buscar encurtar a distância para o Santos, que lidera com 29 pontos.

console.log(‘Aud01’);

O post Trauco deixa o clube apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Flamengo

Vasco goleia Portuguesa-RJ em jogo-treino

O Vasco goleou a Portuguesa-RJ por 5 a 2 em jogo-treino disputado na tarde desta quinta-feira no Centro de Treinamento do Almirante. A atividade, contra o time que disputa o Campeonato Carioca e foi recentemente eliminada da Série D, serviu de preparação para o duelo contra o CSA neste domingo, às 19h (horário de Brasília), no Estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

(Foto: Rafael Ribeiro/CRVG)

No primeiro tempo o Vasco jogou com seu time titular, mostrando que Talles ganhou de vez a vaga de Valdívia entre os titulares e vai enfrentar os alagoanos. O time titular formou com: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Oswaldo Henríquez, Leandro Castan e Danilo Barcelos; Richard, Raul e Marquinho; Bruno César, Marrony e Talles.

Ao longo do primeiro tempo os titulares ganharam por 1 a 0. Após lançamento de Danilo Barcelos, Marquinho cruzou e Raul escorou para o fundo do gol. Na segunda etapa, já com os reservas, o Vasco formou com: Sidão, Raul Cáceres, Breno, Werley e Ricardo; Fellipe Bastos, Andrey, Lucas Mineiro e Marcos Junior; Valdívia e Tiago Reis. Os demais gols foram de Werley, Valdívia, Fellipe Bastos e Lucas Mineiro.

No primeiro tempo, após entrada violenta de um jogador da Portuguesa, Talles e Leandro Castán acabaram se irritando e discutiram com jogadores da Lusa. O autor da entrada foi substituído. Nesta sexta o elenco treina na parte da tarde.

console.log(‘Aud01’);

O post Vasco goleia Portuguesa-RJ em jogo-treino apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Vasco

Diniz define nesta sexta presença de Wellington Nem contra o Inter

Wellington Nem ainda não tem estreia garantida neste final de semana (Foto: Reprodução/FFC)

Quem esperava para esta quinta-feira uma definição sobre a estreia do atacante Wellington Nem com a camisa do Fluminense se frustrou. O jogador, que completou exatamente uma semana de treinos, ainda está tendo a sua situação analisada pela comissão técnica. Apenas no treino desta sexta-feira que o técnico Fernando Diniz vai bater o martelo sobre o aproveitamento do jogador no duelo do próximo sábado, às 19h (de Brasília), contra o Internacional no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

É certo que Wellington Nem, caso relacionado, ficará no banco de reservas. O jogador ainda não suporta os noventa minutos. Ele não joga uma partida oficial desde 19 de maio, quando defendia as cores do Shakhtar Donetsk da Ucrânia.

Wellington Nem também terá dificuldades para ganhar uma vaga na equipe, uma vez que a dupla de ataque, composta por Marcos Paulo e Yony González vem tendo bom rendimento, assim como os meias Paulo Henrique Ganso e Daniel, o que inviabilizaria uma mudança de esquema ou uma atuação mais reecuada por parte do novo reforço.

Para este jogo Fernando Diniz terá o retorno do meia Nenê, que ficou de fora das últimas três partidas. Depois de estrear contra o Vasco, ele não atuou nas duas vitórias sobre o Peñarol do Uruguai por não estar inscrito na Copa Sul-Americana. Além disso, ficou de fora da derrota de 2 a 1 para o São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro, por questões contratuais, já que tinha vínculo recente com o Tricolor Paulista. Nenê deve começar a partida no banco.

Quem está de fora é o jovem atacante João Pedro. O jogador não conseguiu voltar aos treinos nesta quinta-feira e voltou a mais uma vez teve o aproveitamento descartado pelo departamento médico. Ele sofre com dores no tornozelo direito. O elenco treina nesta sexta-feira e depois inicia o período de concentração.

console.log(‘Aud01’);

O post Diniz define nesta sexta presença de Wellington Nem contra o Inter apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense

Flamengo vê Gabigol desequilibrar e fica cada vez mais dependente

Gabigol marcou os dois gols da vitória por 2 a 0 sobre o Emelec (Foto: Alexandre Vidal e Marcelo Cortes/CRF)

Gabigol foi o herói do Flamengo na classificação para as quartas de final da Copa Libertadores ao marcar os dois gols na vitória diante do Emelec do Equador na noite de quarta-feira no Maracanã. O jogador faz uma primeira temporada brilhante pelo clube carioca, tendo anotado 22 gols em 33 jogos. É o artilheiro do Campeonato Brasileiro com nove gols marcados e vem cada vez mais deixando o Rubro-Negro dependente de seu bom futebol.

Essa dependência é visível. Isso por que quando ele é bem marcado e não consegue ter boas chances para concluir o time acaba não conseguindo progredir ofensivamente. Foi assim na eliminação na Copa do Brasil contra o Athletico Paranaense e no próprio confronto com o Emelec, só que na ida, na derrota de 2 a 0 para o Equador. Mesmo assim, seu grande momento empolga a todos, inclusive o técnico português Jorge Jesus.

“O Gabriel tem sido muito importante para o nosso grupo, está identificado com o nosso estilo de jogo e muito confiante para marcar gols. É um jogador muito útil e importante para a nossa equipe”, disse Jesus.

O jogador prefere dividir os méritos com os companheiros.

“Estou muito feliz e só tenho a agradecer a Deus e a meus companheiros por permitirem a min ha rápida adaptação. Não apenas por conta dos gols, mas também por estar conseguindo render e ajudar a equipe” disse Gabigol, que reforçou o discurso pelo coletivo e admitiu que sonha com retorno à Seleção Brasileira.

“Eu não jogo para ser o melhor, me destacar individualmente, mas coletivamente. Obviamente, com a temporada que estou fazendo, meu objetivo é voltar à Seleção, mas tenho que fazer minha parte dentro de campo que as coisas acontecem”, completou.

Gabigol está no Flamengo por empréstimo até o final de 2019, e tem contrato com a Inter de Milão, da Itália, por mais dois anos. Assim, seu futuro no Rubro-Negro em 2020 é incerto.

“Obviamente está acabando o meu contrato, espero que estes últimos jogos, entre aspas, sejam felizes”, disse Gabigol na zona mista do Maracanã.

“Todos sabem que tenho contrato com a Inter de Milão, mais dois anos ainda, meu empréstimo vai até o fim deste ano… Como falei, espero que estes últimos jogos, entre aspas, sejam felizes”, completou.

console.log(‘Aud01’);

O post Flamengo vê Gabigol desequilibrar e fica cada vez mais dependente apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Flamengo

Flamengo lança novo terceiro uniforme para a temporada

Nesta quinta-feira, após garantir classificação às quartas de final da Copa Libertadores da América, o Flamengo anunciou o lançamento de seu novo terceiro uniforme para a temporada.

A camisa foi lançada em parceria com a Adidas, fornecedora oficial de material esportivo do Rubro-Negro, e segue a tendência dos terceiros uniformes de outros times patrocinados pela marca alemã, como Real Madrid e Bayern de Munique.

“O novo manto, o terceiro para essa temporada, vem com cores escolhidas para entregar um visual arrojado, com o contraste entre o cinza e o amarelo fluorescente, uma tendência global apresentada nesta temporada”, disse Gustavo Oliveira, vice-presidente de Comunicação e Marketing do Flamengo.

A camisa foi inspirada no verso do hino flamenguista que diz “é o maior prazer vê-lo brilhar”, e traz como grande destaque o escudo do clube em versão neon.

“O novo manto tem a marca adidas de inovação e tecnologia, se apresentando em cores modernas e tecnológicas, completando os uniformes desenvolvidos para o Flamengo nesta temporada e se relacionando com os uniformes dos demais gigantes do mundo”, declarou André Campos, head de futebol da adidas Brasil.

O torcedor do Flamengo pode adquirir o novo uniforme já a partir do próximo sábado. A camisa estará disponível pelo site www.adidas.com.br/flamengo, lojas próprias adidas e lojas oficiais do Flamengo por R$249,99 nas versões masculina e feminina e R$229,99 na versão infantil.

A estreia da nova camisa está programada para o confronto diante do Bahia, no próximo domingo, na Fonte Nova, pela 13° rodada do Campeonato Brasileiro.

O post Flamengo lança novo terceiro uniforme para a temporada apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Flamengo

Fluminense na bronca com a arbitragem

O Fluminense está na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro com apenas nove pontos conquistados em doze partidas. Mas a sua diretoria está convencida de que a realidade seria menos dura se o time não fosse prejudicado pela arbitragem.

Com este pensamento que o Tricolor preparou uma espécie de dossiê com erros dos árbitros, principalmente os envolvendo os dois últimos confrontos pela competição, e entregou o documento à Comissão de Árbitros da CBF.

Os dirigentes reclamam que o Fluminense foi muito prejudicado nas derrotas de 2 a 1 para Vasco e São Paulo, os dois últimos confrontos do time carioca na Série A. No primeiro duelo o protesto é pelas expulsões dos zagueiros Digão e Frazan, determinantes para o tropeço. Já no choque com os são-paulinos a reclamação se refere ao pênalti que originou o segundo gol dos paulistas.

Outro argumento utilizado pelos tricolores é que o time, na zona de rebaixamento do Brasileirão, vem tendo grande desempenho na Copa Sul-Americana, onde avançou para as quartas de final após eliminar o Peñarol do Uruguai ganhando os dois confrontos.

O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, foi à sede da CBF e se reuniou com Leonardo Gaciba, presidente da Comissão de Árbitros da CBF, e com Rogério Cabloco, presidente da entidade. Deles, ouviu que a CBF vai analisar os documentos e dar uma resposta oficial ao clube.

Dentro de campo o Fluminense segue se preparando para o duelo contra o Internacional neste sábado, às 19h(de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para este duelo o time será definido no treino desta sexta-feira. Logo depois da atividade começa o período de concentração para a partida.

O post Fluminense na bronca com a arbitragem apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense

Botafogo garante foco no Brasileiro e nega desânimo

Equipe foi eliminada na Copa Sul-Americana (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

A eliminação para o Atlético-MG nas oitavas de final da Copa Sul-Americana, que veio com uma derrota de 2 a 0 em Minas Gerais, já faz parte do passado no Botafogo. Afinal de contas, o time precisa se concentrar no Campeonato Brasileiro, pois, com 16 pontos, tem dois desafios: afastar-se ainda mais do risco de rebaixamento e ingressar na zona de classificação para a Copa Libertadores, o chamado G-6.

Na visão do técnico Eduardo Barroca e dos jogadores, não há nenhum desânimo e a ordem é projetar o futuro.

“Vamos trabalhar ainda mais pois sabemos que podemos muito bem voltar a conquistar bons resultados. É importante seguirmos nos esforçando como temos feito. Posso assegurar que o Botafogo ainda pode render mais e que quando interrompermos esta sequência negativa as coisas vão melhorar”, disse Barroca.

Os jogadores concordam.

“No fim de semana temos um jogo importante pelo Campeonato Brasileiro e uma possibilidade de reagirmos. É nisso que precisamos ganhar”, disse o lateral-esquerdo Gilson.

O próximo desafio será neste domingo, quando a equipe visita o Avaí a partir das 19h(de Brasília), na Ressacada, em Florianópolis (SC), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Como a quinta-feira foi de trabalho regenerativo, apenas nesta sexta-feira que Barroca começa a projetar a escalação.

O post Botafogo garante foco no Brasileiro e nega desânimo apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Botafogo

“Só no Playstation”, diz Jesus sobre intensidade nos 90 minutos

Flamengo construiu o placar nos primeiros 20 minutos (Foto: Mauro Pimentel/AFP)

O Flamengo sofreu, mas conseguiu avanças às quartas de final da Libertadores com uma vitória nos pênaltis sobre o Emelec, na noite desta quarta-feira, no Maracanã. Após um primeiro tempo eletrizante e o placar de 2 a 0 em 20 minutos de jogo, a equipe rubro-negra não conseguiu manter o ritmo no segundo tempo e deu espaço para os equatorianos tentarem a reação, mas soube segurar o placar.

Com o resultado mantido, a decisão da vaga foi para os pênaltis, já que o Emelec tinha vencido também por 2 a 0 no Equador, e, ao contrário da eliminação da Copa do Brasil diante do Athlético Paranaense, os jogadores do Fla converteram 4 tiros diretos e venceram a disputa por 4 a 2.

A evidente queda de ritmo na etapa final foi objeto de questionamento ao técnico Jorge Jesus em sua coletiva após a partida. O treinador português elogiou o grupo e a atuação da equipe nos primeiros 45 minutos, e ironizou a expectativa de que a equipe pudesse manter a mesma intensidade até o fim.

“É impossível uma equipe jogar como o Flamengo fez por 45 minutos, quando o Emelec não fez um arremate. Foram 70% de posse de bola, como que você quer que uma equipe seja, no Brasil, China ou Europa, como o Flamengo foi por 105 metros pressionando o portador da bola e chegue na segunda parte com a mesma intensidade? Sabe onde isso acontece? No PlayStation. Somente no Playstation”, retrucou Jesus se referindo ao popular videogame.

O comandante disse ainda que o bom desempenho nas cobranças de pênaltis não foi questão de sorte, e sim de trabalho específico realizado nos últimos dias.

“Era difícil mudar com o carro em andamento, mas conseguimos e trabalhamos bem a equipe para o caso de penalidades. Não é sorte, é trabalho. E viemos trabalhar ao longo do tempo, inclusive hoje pela manhã,” revelou.

Jorge Jesus ressaltou o trabalho do departamento médico rubro-negro, que colocou os meias Éverton Ribeiro e Arrascaeta em condições de atuar pelo menos em parte do confronto decisivo.

“Quero agradecer ao departamento médico do Flamengo pela forma profissional que recuperaram em pouco tempo o Éverton e Arrascaeta. Foram muito importantes e acabaram os dois sem problema nenhum. Espero que tudo esteja normal amanhã (quinta) e, se estiver, conto com eles contra o Bahia,” afirmou se referindo ao confronto do próximo domingo pelo Brasileirão.

O elenco se reapresenta na tarde desta quinta-feira, no Ninho do Urubu, quando os titulares farão um trabalho regenerativo. O grupo treinará ainda na tarde de sexta e no sábado pela manhã antes de seguir para Salvador (BA).

O post “Só no Playstation”, diz Jesus sobre intensidade nos 90 minutos apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Flamengo