Vitória com time misto e ponta da Série C embalam Brusque para final

0
39

Após vitória na Série C, delegação do Brusque chega nesta segunda-feira (7) a Chapecó (SC), onde começa a decidir o título do Campeonato Catarinense na próxima quarta-feira (9), às 21h30 (horário de Brasília), contra a Chapecoense, na Arena Condá. A partida de volta será no próximo domingo (13), às 16h, no estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC).

Se o Verdão chega embalado pelo bom momento na Série B do Campeonato Brasileiro, ainda mais depois de vencer o rival Avaí no último domingo (6), por 1 a 0, o Quadricolor não é diferente. No mesmo dia, mesmo sem seis titulares, poupados para a final estadual, o Brusque fez 1 a 0 no Boa Esporte, em Varginha (MG), assumindo a liderança do Grupo B da Série C. Com 12 pontos, o clube do interior catarinense tem a melhor campanha entre os participantes da divisão.

O gol da vitória saiu no início do segundo tempo. Aos três minutos, o meia Marco Antônio cruzou e o atacante Alex Sandro, de peixinho, mandou para as redes. Os catarinenses jogaram a maior parte da partida com um jogador a menos. Ainda na etapa inicial, aos 35 minutos, o atacante Jefferson Renan foi expulso por simular um pênalti (ele recebeu o segundo cartão amarelo). Porém, os mineiros, que ocupam o penúltimo lugar do Grupo B, com apenas dois pontos, não souberam aproveitar a vantagem numérica.

Para assumir a ponta da chave, o Brusque teve ajuda de outro time catarinense. Em Criciúma (SC), também no último domingo, o time da casa ficou no 1 a 1 com o Volta Redonda. Os cariocas foram a 11 pontos e perderam a liderança para o Quadricolor. O Tigre, com oito pontos, aparece em terceiro, seguido pelo Ypiranga, que, no mesmo dia, superou o Tombense por 2 a 0, em Erechim (RS), chegando aos mesmos oito pontos do Criciúma, mas ficando atrás pelo saldo de gols (3 a 2). O vice-campeão mineiro é o oitavo, com três pontos.

O Londrina também soma oito pontos e dois gols de saldo, mas está em quinto por ter assinalado dois gols a menos que o Ypiranga (7 a 5). No último sábado (5), os paranaenses bateram o lanterna São Bento por 1 a 0. No mesmo dia, Ituano e São José-RS empataram por 2 a 2 em Itu (SP). Os gaúchos acumulam sete pontos, na sexta posição, seguidos pelos paulistas, com cinco pontos.

Novo líder no Grupo A

Pelo Grupo A, o empate por 1 a 1 entre Ferroviário e Manaus, no domingo na Arena Castelão, deu à equipe cearense a liderança da chave com 10 pontos. O atacante Wellington Rato pôs o Ferrim à frente, mas o também atacante Paulinho deixou tudo igual para o clube manauara, que deixou a zona de classificação, caindo para quinto lugar, com seis pontos.

O Manaus foi ultrapassado pelo Vila Nova, que superou o Santa Cruz por 1 a 0 no sábado, em casa, e foi a oito pontos, em quarto. A derrota em Goiânia custou a ponta da chave ao Tricolor, que soma os mesmos 10 pontos do Ferroviário, mas fica atrás pelo saldo de gols (8 a 3). No mesmo dia, o Botafogo-PB visitou o Imperatriz e venceu por 2 a 1, conquistando a primeira vitória nesta edição da Série C. O Belo aparece em sexto, com cinco pontos, enquanto os maranhenses estão em penúltimo, com um ponto, mas com apenas três jogos disputados (a equipe teve as duas primeiras partidas adiadas devido a casos do novo coronavírus (covid-19) no elenco).

Envolvidos com a final do Campeonato Paraense, no último domingo, Paysandu e Remo completam a quinta rodada da Série C no meio de semana. Campeão estadual pela 48ª vez, o Papão recebe a Jacuipense na quarta-feira, às 20h. Já o Leão Azul visita o Treze no mesmo horário, mas na quinta-feira (10). Se vencer, o Remo pode assumir a ponta do grupo.

Confira a classificação da Série C do Campeonato Brasileiro.

Após vitória na Série C, delegação do Brusque chega nesta segunda-feira (7) a Chapecó (SC), onde começa a decidir o título do Campeonato Catarinense na próxima quarta-feira (9), às 21h30 (horário de Brasília), contra a Chapecoense, na Arena Condá. A partida de volta será no próximo domingo (13), às 16h, no estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC).

Se o Verdão chega embalado pelo bom momento na Série B do Campeonato Brasileiro, ainda mais depois de vencer o rival Avaí no último domingo (6), por 1 a 0, o Quadricolor não é diferente. No mesmo dia, mesmo sem seis titulares, poupados para a final estadual, o Brusque fez 1 a 0 no Boa Esporte, em Varginha (MG), assumindo a liderança do Grupo B da Série C. Com 12 pontos, o clube do interior catarinense tem a melhor campanha entre os participantes da divisão.

O gol da vitória saiu no início do segundo tempo. Aos três minutos, o meia Marco Antônio cruzou e o atacante Alex Sandro, de peixinho, mandou para as redes. Os catarinenses jogaram a maior parte da partida com um jogador a menos. Ainda na etapa inicial, aos 35 minutos, o atacante Jefferson Renan foi expulso por simular um pênalti (ele recebeu o segundo cartão amarelo). Porém, os mineiros, que ocupam o penúltimo lugar do Grupo B, com apenas dois pontos, não souberam aproveitar a vantagem numérica.

Para assumir a ponta da chave, o Brusque teve ajuda de outro time catarinense. Em Criciúma (SC), também no último domingo, o time da casa ficou no 1 a 1 com o Volta Redonda. Os cariocas foram a 11 pontos e perderam a liderança para o Quadricolor. O Tigre, com oito pontos, aparece em terceiro, seguido pelo Ypiranga, que, no mesmo dia, superou o Tombense por 2 a 0, em Erechim (RS), chegando aos mesmos oito pontos do Criciúma, mas ficando atrás pelo saldo de gols (3 a 2). O vice-campeão mineiro é o oitavo, com três pontos.

O Londrina também soma oito pontos e dois gols de saldo, mas está em quinto por ter assinalado dois gols a menos que o Ypiranga (7 a 5). No último sábado (5), os paranaenses bateram o lanterna São Bento por 1 a 0. No mesmo dia, Ituano e São José-RS empataram por 2 a 2 em Itu (SP). Os gaúchos acumulam sete pontos, na sexta posição, seguidos pelos paulistas, com cinco pontos.

Novo líder no Grupo A

Pelo Grupo A, o empate por 1 a 1 entre Ferroviário e Manaus, no domingo na Arena Castelão, deu à equipe cearense a liderança da chave com 10 pontos. O atacante Wellington Rato pôs o Ferrim à frente, mas o também atacante Paulinho deixou tudo igual para o clube manauara, que deixou a zona de classificação, caindo para quinto lugar, com seis pontos.

O Manaus foi ultrapassado pelo Vila Nova, que superou o Santa Cruz por 1 a 0 no sábado, em casa, e foi a oito pontos, em quarto. A derrota em Goiânia custou a ponta da chave ao Tricolor, que soma os mesmos 10 pontos do Ferroviário, mas fica atrás pelo saldo de gols (8 a 3). No mesmo dia, o Botafogo-PB visitou o Imperatriz e venceu por 2 a 1, conquistando a primeira vitória nesta edição da Série C. O Belo aparece em sexto, com cinco pontos, enquanto os maranhenses estão em penúltimo, com um ponto, mas com apenas três jogos disputados (a equipe teve as duas primeiras partidas adiadas devido a casos do novo coronavírus (covid-19) no elenco).

Envolvidos com a final do Campeonato Paraense, no último domingo, Paysandu e Remo completam a quinta rodada da Série C no meio de semana. Campeão estadual pela 48ª vez, o Papão recebe a Jacuipense na quarta-feira, às 20h. Já o Leão Azul visita o Treze no mesmo horário, mas na quinta-feira (10). Se vencer, o Remo pode assumir a ponta do grupo.

Confira a classificação da Série C do Campeonato Brasileiro.

Fonte: Agência Brasil

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here