Cruzeiro vence Botafogo fora de casa e deixa a zona do rebaixamento

O Cruzeiro finalmente conseguiu sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Botafogo por 2 a 0, em partida disputada na noite desta quinta-feira, no estádio Nilton Santos. Os gols do confronto foram marcados por Cacá e Ederson, um em cada tempo.

Com o resultado, a equipe mineira chegou aos 32 pontos ganhos e agora ocupa a 16ª posição. A vitória mineira acabou colocando o Fluminense no Z4. O Botafogo segue com 33 pontos ganhos e está na 14ª colocação na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro.

Cruzeiro enfim conseguiu sair da zona da degola (Foto: Marcello Dias/Light Press/Cruzeiro)

O Cruzeiro não realizou uma grande partida, mas mostrou objetividade ao aproveitar as raras oportunidades que surgiram durante os 90 minutos. O Botafogo teve maior posse de bola, criou várias chances para marcar, mas não conseguiu colocar a bola nas redes de Fábio, frustrando os mais de 20 mil torcedores que compareceram ao estádio na esperança de ver o Alvinegro conseguir um resultado positivo.

Na próxima rodada, o Botafogo vai visitar o Santos, na Vila Belmiro, enquanto o Cruzeiro vai receber o Bahia, no Mineirão.

O jogo

A partida começou em ritmo acelerado e, logo aos três minutos, o Cruzeiro teve a primeira oportunidade de gol. Marquinhos Gabriel foi lançado na área e quando ia concluir, o zagueiro Gabriel conseguiu salvar e evitar o primeiro gol do time mineiro.

O time mineiro ficava mais tempo com a bola, mas encontrava dificuldades para penetrar na defesa alvinegra. O Alvinegro de General Severiano, por sua vez, mostrava lentidão na ligação entre a defesa e o ataque.

Aos 25 minutos, o Cruzeiro marcou o primeiro gol. Thiago Neves cobrou escanteio e o zagueiro Cacá subiu livre para cabecear sem chances para Gatito Fernández.

Em desvantagem, o Botafogo tentou partir para a reação, mas encontrava muita dificuldade para chegar na área mineira. Aos 30 minutos, Leo Valencia mandou a bomba e Fábio defendeu com alguma dificuldade. O time dirigido por Alberto Valentim seguia pressionando, mas não mostrava criatividade para chegar ao gol e apelava para cruzamentos que eram facilmente bloqueados pela zaga mineira.

Aos 43 minutos, Leo Valencia, o mais eficiente do ataque, mandou uma bomba que passou ao lado da trave direita defendida por Fábio.

Apoiado pela torcida, o Alvinegro de General Severiano empurrou o Cruzeiro para trás e pressionou em busca do gol do empate. Aos 16 minutos, Marcinho cruzou na área, o zagueiro Cacá tentou salvar e rebateu contra o próprio gol, mas Fábio evitou que a bola entrasse. Logo depois, Cacá compensou a falha ao bloquear Diego Souza quando o atacante estava pronto para finalizar.

O Cruzeiro não conseguia sair da defesa e, aos 21 minutos, foi a vez de Marcinho chutar com muito perigo.
Para tentar segurar o resultado, o técnico Abel Braga trocou o atacante Fred pelo volante argentino Ariel Cabral, enquanto Valentim, em tentativa desesperada, colocou o atacante Vinicius Tanque no lugar do volante Gustavo Bochecha.

Aos 35 minutos, o Botafogo desperdiçou outra chance incrível para marcar. Marcinho bateu falta, Fábio deu rebote e Gabriel, livre na área, mandou para fora, levando a torcida alvinegra ao desespero. Logo depois, Yuri chutou para fora, após Fábio ter rebatido um cruzamento feito por Marcinho.

Nos acréscimos, o Glorioso ainda teve uma última chance para empatar. João Paulo cruzou, Carli desviou e Igor Cassio cabeceou para fora. Quando a torcida já estava deixando o estádio, o Cruzeiro marcou o segundo gol, num descuido da zaga alvinegra. Dodô lançou Ariel Cabral que tocou para Ederson empurrar para as redes, definindo o resultado.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 2 CRUZEIRO

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 31 de outubro de 2019 (Quinta-feira)
Horário: 21h30(de Brasília)
Público: 22.412 presentes
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE)
VAR: Adriano Milczvisk

Cartão Amarelo: Fabrício Bruno e Dodô(Cruza)
Gols
CRUZEIRO: Cacá, aos 25 minutos do primeiro tempo; Ederson, aos 51 minutos do segundo tempo

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Marcinho, Joel Carli, Gabriel e Yuri; Cícero, João Paulo, Gustavo Bochecha(Vinicius Tanque), Diego Souza e Leo Valencia(Alex Santana);  Luiz Fernando e Victor Rangel (Igor Cássio)
Técnico: Alberto Valentim

CRUZEIRO: Fábio, Luis Orejuela, Fabricio Bruno, Cacá e Egidio; Henrique, Éderson e Thiago Neves; David(Sassá), Fred(Ariel Cabral)e Marquinhos Gabriel(Dodô)
Técnico: Abel Braga

O post Cruzeiro vence Botafogo fora de casa e deixa a zona do rebaixamento apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Botafogo

Flamengo abre vantagem, mas cede empate ao Goiás no Serra Dourada

Em partida movimentada, o Flamengo tropeçou e ficou no empate por 2 a 2 com o Goiás, nesta quarta-feira, no Serra Dourada. Com o resultado, os rubro-negros seguem na liderança do Brasileirão, com 68 pontos, oito a frente do Palmeiras. Os goianos, com 39, continuam no meio da classificação.

Após um primeiro tempo equilibrado, com poucas chances de gol, o Flamengo se aproveitou das cobranças de escanteio na etapa final para marcar com Gabigol e Rodrigo Caio. Só que o Goiás arrancou o empate com gols de Rafael Moura e Michael.

Na próxima rodada, o Flamengo terá pela frente o Corinthians, neste domingo, no Maracanã. No mesmo dia, o Goiás recebe o Avaí, novamente no Serra Dourada.

Comandados de Jorge Jesus cederam o empate para o Goiás (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

O jogo – O Goiás tentou pressionar no início, mas viu o Flamengo quase abrir o placar aos quatro minutos. Após cobrança de escanteio, Pablo Marí desviou de cabeça e acertou a trave.

Após um período de muita correria, mas pouca emoção, o Goiás teve sua melhor chance, aos 29 minutos. Após cobrança de escanteio, Fábio Sanches cabeceou cruzado, muito próximo ao gol.

Depois disso, os donos da casa cresceram no jogo e passaram a chegar com mais intensidade ao ataque. O Flamengo mudou sua postura e tentou surpreender nos contra-ataques. No melhor deles, aos 40 minutos, Gabigol foi lançado na área, mas acabou abafado pelo goleiro Tadeu. Assim, o duelo permaneceu empatado até o intervalo.

No segundo tempo, o jogo permaneceu equilibrado nos primeiros minutos. O Flamengo criou a primeira boa chance aos oito minutos, quando Gabigol recebeu passe na área e chutou para boa defesa de Tadeu. Mas na cobrança de escanteio, Rodrigo Caio cabeceou, o goleiro goiano deu rebote no pé de Gabigol, que mandou para a rede.

O revés foi sentido pelos donos da casa, que viram o Flamengo dominar as ações. Não demorou muito e os rubro-negros aumentaram a vantagem no Serra Dourada. Após nova cobrança de escanteio, Bruno Henrique escorou e Rodrigo Caio apareceu para empurrar para o gol.

O segundo gol fez o Flamengo diminuir o ritmo. Mesmo assim, os rubro-negros seguiam se ser incomodados. Somente aos 31 minutos, o Goiás conseguiam chegar bem ao ataque e marcou com Rafael Moura, após passe de Michael.

O gol animou os goianos, que quase empataram no minuto seguinte. Após erro na saída de bola do Flamengo, Michael ficou com a bola e arriscou de fora da área. A bola passou perto da trave de Cesar. Depois, foi a vez de Rafael Vaz chutar de longe e assustar os visitantes.

Nos minutos finais, o confronto ganhou em emoção quando o goleiro Cesar foi expulso após acertar Yago Felipe fora da área. No lance, Pablo Marí salvou os rubro-negros em chute de Rafael Moura. A partir dai, os donos da casa foram para cima e conseguiram o empate aos 49 minutos, com Michael.

Na saída de bola, Gabigol arriscou do meio campo e quase acertou o gol de Tadeu. O Goiás ainda buscou a virada, mas teve que se contentar com o empate no Serra Dourada.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS-GO 2 X 2 FLAMENGO-RJ

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 31 de outubro de 2019 (Quinta-feira)
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
Cartões amarelos: Rafael Moura, Jefferson, Leandro Barcia e Gilberto (Goiás); Gabigol e Bruno Henrique (Flamengo)
Cartão vermelho: Cesar (Flamengo)
GOLS
GOIÁS: Rafael Moura, aos 31min do segundo tempo; Michael, aos 49min do segundo tempo
FLAMENGO: Gabigol, aos 9min do segundo tempo; Rodrigo Caio, aos 17min do segundo tempo

GOIÁS: Tadeu, Yago Rocha (Breno), Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson (Alan Ruschel); Gilberto, Yago Felipe e Léo Sena (Thalles); Michael, Rafael Moura e Leandro Barcia
Técnico: Ney Franco

FLAMENGO: Cesar, Rodinei, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luis; Willian Arão, Piris da Motta, De Arrascaeta (Gerson) e Everton Ribeiro (Vitinho) (Gabriel Batista); Bruno Henrique e Gabigol
Técnico: Jorge Jesus

O post Flamengo abre vantagem, mas cede empate ao Goiás no Serra Dourada apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Flamengo

Zagueiro Henriquez volta aos treinos e deve reforçar o Vasco

Durante a reapresentação do Vasco nesta quinta-feira, após a derrota para o Grêmio, o técnico Vanderlei Luxemburgo ganhou uma boa notícia. O zagueiro Osvaldo Henriquez participou normalmente da atividade e está liberado.

Henriquez sofreu um entorse no tornozelo na partida contra o Internacional. O colombiano não atuou contra Ceará e Grêmio, jogos que os cruzmaltinos sofreram gols e não venceram pelo Campeonato Brasileiro.

(Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Com a volta de Henriquez, o zagueiro deverá formar dupla novamente com Leandro Castán, neste sábado, contra o Fluminense, no Maracanã.

O Vasco voltou a focar na briga contra o rebaixamento após os últimos dois resultados. Com 38 pontos, os cruzmaltinos estão seguem nove pontos a frente da degola.

O post Zagueiro Henriquez volta aos treinos e deve reforçar o Vasco apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Vasco

Delegação do Fluminense evita torcida em desembarque no Rio

A delegação do Fluminense desembarcou nesta quinta-feira no Rio de Janeiro após a derrota para o Ceará. O resultado deixou os tricolores com a possibilidade de entrar na zona de rebaixamento ainda nesta rodada.

Jogadores, comissão técnica e dirigentes saíram do aeroporto por um acesso diferente do usual por temer um protesto. No entanto, não houve qualquer incidente e todos seguiram para o CT do clube.

Fluminense foi derrotado por 2 a 0 pelo Ceará, no Castelão (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Os maus resultados fizeram a diretoria repensar a permanência do técnico Marcão. O nome de Cuca voltou a ser ventilado nas Laranjeiras, mas sem qualquer indício de negociação para trazer o treinador.

Com pouco tempo para trabalhar, o Fluminense precisa focar no clássico deste sábado, contra o Vasco, no Maracanã. Para esta partida, Marcão ainda vai realizar um treinamento e nova mudanças na escalação não estão descartadas. O certo é que o volante Allan volta de suspensão.

O post Delegação do Fluminense evita torcida em desembarque no Rio apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense

Fluminense vê pressão aumentar. Mário e Celso são hostilizados

A derrota de 2 a 0 para o Ceará aumentou consideravelmente a pressão no Fluminense, que vem de uma série de maus resultados. Com 30 pontos, afundado na luta contra o rebaixamento, o Tricolor mergulhou na crise. O presidente Mário Bittencourt e o vice-presidente geral, homem forte do departamento de futebol, Celso Barros são os principais alvos dos torcedores e foram hostilizados na saída da Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

(Foto: Nelson Perez/Fluminense)

O técnico Marcão ainda conta com respaldo da torcida e da diretoria. Porém, foi cobrado por algumas mudanças no time. Alvos principais dentro de campo são o lateral-direito Gilberto e o meia Paulo henrique Ganso. O apoiador chegou a ouvir pedidos para deixar as Laranjeiras.

“Sabemos que o momento é complicado, mas dependemos das nossas próprias forças e o torcedor pode ter a certeza de que vamos lutar até o fim, jogo a jogo, para que o Fluminense possa ganhar os jogos que faltam. A posição na tabela de classificação não é a que a gente imaginava e não condiz com o trabalho. Portanto, vamos lutar muito para tirar o Fluminense da realidade que ele se encontra”, disse o zagueiro Nino.

O goleiro Muriel concorda.

“Precisamos trabalhar cada vez mais, pois entendemos que o Fluminense poderia estar melhor colocado na tabela de classificação. Sabemos que apenas nós podemos tirar o Fluminense da situação que se encontra. Infelizmente os resultados não estão aparecendo, mas estamos nos esforçando cada vez mais e sabemos que temos condições de mudar esta realidade”, afirmou o arqueiro, um dos poucos preservados pelos torcedores.

Dentro de campo os jogadores foram liberados depois do retorno da delegação ao Rio de Janeiro. Nesta sexta-feira à tarde acontece o único treino antes do clássico contra o Vasco, marcado para este sábado, às 19h(de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela trigésima rodada do Campeonato Brasileiro. Durante a atividade Marcão vai definir a escalação que pretende utilizar. Depois começa o período de concentração.

O post Fluminense vê pressão aumentar. Mário e Celso são hostilizados apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense

Vasco mira luta contra rebaixamento

Técnico Vanderlei Luxemburgo ligou o sinal de alerta (Foto: Carlos Gregório Jr/CRVG)

Alguns bons resultados no Campeonato Brasileiro fizeram os torcedores do Vasco sonharem com uma vaga na próxima Copa Libertadores. Porém, a derrota de 3 a 1 para o Grêmio fez o elenco e o técnico Vanderlei Luxemburgo ligarem o sinal de alerta. Na visão deles, a luta contra o rebaixamento ainda é a prioridade do Cruz-Maltino, que aparece com 38 pontos conquistados.

Vanderlei Luxemburgo entende que precisa de pelo menos sete pontos para que as coisas possam ser consideradas sob controle.

“Não conseguimos concluir a nossa etapa em dois mil e dezenove e a nossa luta é conseguir a pontuação que afaste de vez o risco de rebaixamento. Vamos precisar de pelo menos mais seis ou sete pontos e esta precisa ser a nossa meta. Este é o nosso foco. Sabemos que o torcedor queria que o Vasco estivesse brigando pela vaga na Copa Libertadores, mas precisamos entender que o trabalho começou lá atrás, naquele jogo contra o Avaí, com o time na zona de rebaixamento e precisando de pontuação para se manter na Primeira Divisão. Hoje estamos jogando em outro nível, mas ainda precisamos atingir a pontuação”, disse Vanderlei.

Os jogadores concordam.

“Estamos com o pensamento em conseguir a pontuação que nos afaste de vez da luta contra o rebaixamento. Só depois podemos pensar em algo a mais”, disse o lateral-esquerdo Henrique.

O elenco do Vasco participou de um trabalho regenerativo nesta quinta-feira. Nesta sexta-feira pela manhã Vanderlei comanda o único treino antes do clássico do próximo sábado, às 19h(de Brasília), contra o Fluminense no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela trigésima rodada do Campeonato Brasileiro.

O post Vasco mira luta contra rebaixamento apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Vasco

Mundial de Clubes já tem 27 mil ingressos vendidos

A Fifa divulgou na manhã desta quinta-feira que todos os 27.896 ingressos disponibilizados na pré-venda de um dos patrocinadores do Mundial de Clubes já foram vendidos. 60% das aquisições são de torcedores locais, do Catar, 14% do Reino Unido e 4% do Brasil.

(Foto: Javier Soriano/ AFP)

Esta parcela de entradas não representa a totalidade disponibilizada pela entidade máxima do futebol. Interessados em acompanhar ao vivo a competição poderão comprar seus ingressos no site da Fifa a partir do dia 14 de novembro, ainda sem ter a definição do campeão da Libertadores, entre Flamengo e River Plate, e do campeão da Ásia. Os preços variam entre R$ 27,60 e R$ 441,54.

O Mundial de Clubes acontece entre os dias 11 e 21 de dezembro, em três cidades do Catar. Até o momento, o Liverpool (ENG), campeão da Liga dos Campeões da Europa; Monterrey (MEX), vencedor da Concacaf; Hienghène Sport, representando a Oceania; e o Al-Sadd, campeão da última liga catari, que detém a vaga do país sede, já estão confirmados na competição.

(Foto: Reprodução/ Fifa)

O post Mundial de Clubes já tem 27 mil ingressos vendidos apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Flamengo

Botafogo recebe o Cruzeiro em duelo decisivo

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

O Botafogo recebe o Cruzeiro nesta quinta-feira, às 21h30(de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), em duelo que encerra a 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Trata-se de um duelo direto entre times que querem se afastar da parte de baixo da tabela de classificação. O Glorioso, que vem de uma derrota de 3 a 0 para o Grêmio no Rio Grande do Sul, soma 33 pontos, quatro a mais que a Raposa, que permaneceu na zona da degola após empatar em casa por 1 a 1 com o Fortaleza.

Alberto Valentim, treinador do Botafogo, conseguiu colocar na cabeça dos jogadores do Botafogo a necessidade de o time deixar de lado a má atuação contra o Grêmio para poder reagir o mais rapidamente possível. Na visão dos botafoguenses, é importante pensar em um jogo de cada vez.

“Temos que pensar apenas na próxima partida, contra o Cruzeiro, dentro de casa, pois precisamos muito do resultado positivo. O Botafogo quer somar o mais rapidamente possível os pontos que precisa para ter tranquilidade. Não queremos deixar para a reta final, mas também não podemos pensar em tudo o que vem pela frente,. O foco tem que ser sempre o próximo adversário, para que a gente possa subir um degrau por vez”, disse o goleiro Gatito Fernández.

A situação de proximidade da zona de rebaixamento realmente incomoda os dois gigantes do futebol brasileiro.

“É muito ruim trabalhar na zona de rebaixamento. É algo que incomoda demais a gente e conversamos para entender, pois empenho não tem faltado. Talvez a gente esteja se movimentando errado. Mas temos que ganhar o jogo desta quinta-feira, pois assim vamos pelo menos sair da zona de rebaixamento. Depois é tentar embalar. Mas o foco está mesmo no jogo desta quinta-feira”, analisou o meia Robinho.

Em termos de escalação, o Botafogo vai manter a base do último jogo. O volante Alex Santana, que entrou no decorrer do jogo contra o Grêm,io após se recuperar de lesão na perna direita, deve permanecer no banco por ainda não suportar os noventa minutos.

No Cruzeiro, o técnico Abel Braga vai colocar o meia Éderson na vaga de Jadson. O restante do time será o mesmo que empatou com o Fortaleza. O lateral-direito Edílson, que é reserva e cumpriu suspensão no fim de semana, volta a ser relacionado, como opção no banco de reservas.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram no Mineirão, em Belo Horizonte (MG). Em um duelo marcado por poucos lances de emoção, o 0 a 0 acabaou fazendo justiça ao que os times apresentaram.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO-RJ X CRUZEIRO-MG

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 31 de outubro de 2019 (Quinta-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE)

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Marcinho, Joel Carli, Gabriel e Yuri; Cícero, João Paulo, Diego Souza, Leonardo Valencia e Luiz Fernando; Victor Rangel
Técnico: Alberto Valentim

CRUZEIRO: Fábio, Luis Orejuela, Fabricio Bruno, Cacá e Egidio; Henrique, Éderson, Robinho e Thiago Neves; David e Fred
Técnico: Abel Braga

O post Botafogo recebe o Cruzeiro em duelo decisivo apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Botafogo