Galo confirma favoritismo, bate o Botafogo e avança na Copa Sul-Americana

Atlético confirmou a classificação com gols de Fábio Santos e Vina (Foto: DOUGLAS MAGNO / AFP)

Após vencer o primeiro confronto, por 1 a 0, no Engenhão, na última semana, o Atlético voltou a triunfar, por 2 a 0, no Independência, na noite desta quarta-feira, em confronto que valeu a classificação para as quartas de final da Copa Sul-Americana.

O Botafogo conseguiu fazer um primeiro tempo bom, agrediu o Atlético, mas viu o time da casa igualar a situação após os 20 minutos. A etapa complementar foi inteira do Galo que fez o resultado inteiro nos últimos 15 minutos de partida.

Pela Copa Sul-Americana, o Galo enfrenta agora nas quartas o La Equidad, em duelo com dia e data ainda a ser definido. Pelo Brasileirão, o Atlético terá o Cruzeiro pela frente, no Independência, às 19h (de Brasília).

Primeiro tempo

O Botafogo chegou para a partida com um grande problema: sem Joel Carli, expulso, restou apenas um zagueiro para mandar a campo. Os outros foram emprestados ou estão contundidos.

No entanto, a postura do Fogão surpreendeu. Desde o primeiro minuto, o time carioca se mandou para o ataque. Mas não foi no futebol que a partida esquentou primeiro. Atletas das equipes se desentenderam nos cinco primeiros minutos de jogo e precisaram ser contidos.

O Botafogo conseguiu dominar o meio de campo. O motivo era simples de entender: Cícero contribuía com o técnico Eduardo Barroca e jogava na zaga. Mas era basicamente um coringa e com ótima capacidade técnica para ocupar espaços no meio campo.

Diante disso, o Atlético deveria aproveitar esses espaços que eram dados, mas não conseguia. Com isso, o Glorioso seguia mais forte do meio para frente e espremia o Galo em seu campo defensivo. Embora fosse uma pressão, o time do Rio de Janeiro não tinha chances na cara do gol, mas arriscou dois chutes de longa distância e pelo menos um deles, com Cícero assustou.

Após os 25 minutos o Galo mudou o panorama da partida. A equipe conseguiu pressionar a saída de bola e isso contribuiu favoravelmente. Jair cresceu na partida e conseguia desarmar próximo a área do Glorioso. Com isso, o Atlético criou duas boas oportunidades, uma delas com Chará, mas a finalização não saiu.

O Atlético, porém, seguiu melhor até o fim da etapa inicial. No finalzinho do jogo, em cobrança de falta, o Fogão acertou a trave do Galo, mas não conseguiu nada além.

Segundo tempo

Na etapa final, o Atlético voltou superior. O time da casa contava com mais qualidade no meio campo e o Botafogo, por sua vez, já não tinha forças para agredir o time mineiro.

Aos 14, em chute no cantinho, Otero tentou o gol, mas não conseguiu. O Atlético era muito melhor, não dava espaços para o Botafogo e sempre estava no ataque, criando oportunidades.

Aos 28 o Galo conseguiu um pênalti. Em ótima jogada de Jair, o volante entrou na área, driblou dois adversários, mas foi tocado e caiu. Na cobrança, Fábio Santos mandou forte no alto e não deu chances para Gatito.

Minutos depois, o Botafogo se mandou com tudo e deu espaços para o Galo. E neles o Atlético aproveitou para ampliar. Aos 40, Ricardo Oliveira recebeu a bola na frente e chutou. A defesa tirou, mas o meia Vinícius Góes pegou o rebote e mandou para o fundo das redes para dar números finais.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG-BRA 2 X 0 BOTAFOGO-BRA

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 31 de julho de 2019 (Quarta-feira)
Horário: 21h30(de Brasília)
Árbitro: Wilton Sampaio (Brasil)
Assistentes: Marcelo Van Gasse (Brasil) e Bruno Pires (Brasil)

Cartões: Vinícius, Jair (Atlético); Luiz Fernando (Botafogo)
Gols: Fábio Santos, aos 31 do segundo tempo, Vinícius, aos 40, do segundo tempo (Atlético)

ATLÉTICO-MG: Cleiton, Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Jair (José Welison), Elias, Rómulo Otero (Geuvânio), Vinicius e Yimmi Chará (Luan); Ricardo Oliveira
Técnico: Rodrigo Santana

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Marcinho, Marcelo Benevenuto, Cícero e Gilson, Gustavo Bocheca (Igor Cássio), João Paulo (Alan Santos), Alex Santana, Rodrigo Pimpão (Leonardo Valência), Luiz Fernando, Diego Souza.
Técnico: Eduardo Barroca

O post Galo confirma favoritismo, bate o Botafogo e avança na Copa Sul-Americana apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Botafogo

Vasco faz nova investida por Arthur Cabral, do Palmeiras

O fechamento da janela de transferências internacionais faz o Vasco se voltar para o mercado interno na busca por um centroavante. Neste cenário o Cruz-Maltino voltou a carga para tentar contratar o atacante Arthur Cabral, atualmente no Palmeiras.

O jogador, de 21 anos, está perdendo espaço no clube paulista, que anunciou esta semana a chegada de dois artilheiros: Luiz Adriano, que estava na Europa, e Henrique Dourado, que já passou pelo Verdão.

(Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Diante deste cenário o Vasco entende que a possibilidade de convencer o Palmeiras a liberar o jogador aumenta consideravelmente. O próprio atleta teria solicitado aos dirigentes palmeirenses deixar o clube por empréstimo devido ao fato de a concorrência ser muito grande no elenco.

Arthur Cabrabral chegou a ganhar uma oportunidade no empate por 1 a 1 com o Vasco no fim de semana passado, pelo Campeonato Brasileiro, porém, não conseguiu aproveitar a chance e foi muito criticado pelos torcedores.

O Vasco vem trabalhando na contratação de um centroavante para repor a lacuna deixada pelo argentino Maxi Lópes, que deixou São Januário no meio do ano. O clube chegou a negociar com alguns nomes de fora do país, mas nenhuma contratação se concretizou.

Dentro de campo o elenco segue se preparando para o duelo do próximo domingo, às 19h (horário de Brasília), no Estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para este compromisso o atacante Rossi, que já foi desfalque contra o Palmeiras por estar se recuperando de uma cirurgia de apendicite, continua de fora e sequer viaja com a delegação. O time começa a ser definido no treino previsto para esta quinta-feira à tarde.

O post Vasco faz nova investida por Arthur Cabral, do Palmeiras apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Vasco

Time da Rússia está de olho e pode tirar Gabigol do Flamengo

Gabigol é o artilheiro do Flamengo, com 20 gols em 36 partidas pelo clube (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

O atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol, pode deixar o Flamengo no final desta temporada. Artilheiro do clube e do Campeonato Brasileiro em 2019, o jogador é alvo do Dínamo de Moscou. Segundo o site italiano “FC Inter News”, a equipe russa estaria disposta a pagar até 15 milhões de Euros à Inter de Milão pelos direitos do atacante.

Gabigol, que completará 23 anos no final de agosto, estreou no futebol profissional com a camisa do Santos em 2013, e após três anos no Peixe foi vendido para a equipe de Milão por 27 milhões de Euros. Sua trajetória no futebol europeu, entretanto, não foi bem sucedida, e em sua ínica temporada na Inter atuou apenas em 10 jogos e marcou um gol.

No ano seguinte, foi emprestado ao Benfica, onde marcou também um gol em cinco jogos. Em 2018 retornou ao Santos por empréstimo e se destacou marcando 27 gols na temporada, e foi artilheiro do Brasileirão. No início deste ano desembarcou no Rio de Janeiro após o Flamengo convencer a Inter a emprestá-lo novamente, e mais uma vez tem sido destaque no futebol brasileiro.

No clube carioca, Gabigol já marcou 20 gols em 32 partidas, média de 0,6 tentos por jogo.

O post Time da Rússia está de olho e pode tirar Gabigol do Flamengo apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Flamengo

Fluminense vive desafio na busca pela regularidade

O Fluminense da Copa Sul-Americana nada tem a ver com o Fluminense do Campeonato Brasileiro. No torneio continental o time fez dois grandes jogos contra o Peñarol e garantiu sem sustos a classificação para as quartas de final. O time derrotou o rival por 2 a 1 no Paraguai e confirmou a vaga na etapa seguinte ao derrotar os uruguaios por 3 a 1 no Rio de Janeiro.

Fluminense brilha na Sul-Americana, mas resultados vêm no Brasileirão (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

No Campeonato Brasileiro a história é muito diferente. O time ainda não ganhou desde que a competição retornou, após a disputa da Copa América do Brasil. Em três confrontos, empatou em casa por 1 a 1 com o Ceará, e foi derrotado por 2 a 1 por Vasco e São Paulo, também no Rio de Janeiro. Os maus resultados, somados a um desempenho também pouco eficiente antes da Copa América, jogaram o Tricolor na zona de rebaixamento, estacionado nos nove pontos.

“Temos que aproveitar as vitórias que tivemos na Copa Sul-Americana para podemos ganhar ânimo para o Campeonato Brasileiro, pois precisamos buscar pontos importantes na competição. Não estamos na posição que a gente esperava e por isso mesmo estamos trabalhando cada vez mais para atingirmos as nossas metas”, disse o técnico Fernando Diniz, que está pressionado por conta do desempenho do time no Brasileirão.

O próximo desafio pelo Campeonato Brasileiro, válido pela 13ª rodada, será neste sábado, às 19h(de Brasília), mais uma vez no Maracanã, contra o Internacional. Os gaúchos aparecem no G-6, a zona de classificação para a Copa Libertadores e tudo indica que será mais um desafio complicado para o Tricolor. Como a quarta-feira foi de trabalho regenerativo, o time só começa a ser definido no treino desta quinta-feira à tarde.

O post Fluminense vive desafio na busca pela regularidade apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense

Yony González festeja a boa fase no Fluminense

FOTO: LUCAS MERÇON/ FLUMINENSE F.C.

Depois de ficar oito partidas sem marcar, o atacante Yony González voltou a atravessar um bom momento no Fluminense. O atacante colombiano marcou os dois gols da vitória sobre o Peñarol no primeiro jogo, marcou na derrota para o São Paulo pelo Campeonato Brasileiro e voltou a deixar sua marca diante do Peñarol no duelo desta terça-feira, vencido pelo Tricolor das Laranjeiras por 3 a 1. Na saída do gramado, em entrevista ao canal DAZN, González não escondia sua felicidade com a volta dos gols.

“Estou vivendo o melhor momento de minha carreira. E me sentindo feliz pelo apoio da torcida e por ter ajudado a equipe a alcançar a classificação”, disse.

Yony González admite que o Fluminense passa por uma situação complicada no Campeonato Brasileiro, ocupando a zona do rebaixamento, mas disse que a conquista da Copa Sul-Americana vai fazer a torcida esquecer os problemas que o time vai atravessando no Campeonato Brasileiro. Para Yony, é fundamental que o Fluminense consiga vitórias nas duas competições para que a torcida fique inteiramente feliz.

“Estamos trabalhando para melhorar a cada dia. As competições são difíceis, mas o Fluminense está se preparando para superar todas as dificuldades”, comentou.

O post Yony González festeja a boa fase no Fluminense apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.


Source: Fluminense